Após um episódio totalmente caótico na estreia da sétima temporada de #The Walking Dead, tivemos um segundo episódio bem mais tranquilo. Com a apresentação de um novo grupo, uma nova comunidade denominada "O Reino" que tem por líder #Ezekiel que tem como mascote uma incrível tigresa chamada Shiva. 

O episódio "The Well" que traduzido fica "O Poço" teve como objetivo dar introdução ao Reino, comandada por Ezekiel, grupo a qual se alia a Rick e Alexandria na resistência contra o Negan. Em todo episódio sempre tem alguns detalhes que passam desapercebidos por nós, coisas que foram impostas propositalmente mas que, talvez, seja difícil de notar.

Publicidade
Publicidade

Como por exemplo, escritas na parede, objetos que fazem referência a alguma coisa, comportamento dos personagens em relação a determinada coisa e até mesmo acontecimentos simples do próprio episódio que refletem algo relevante e não tiveram muita atenção. Veja a seguir alguns pontos que podem ter passado desapercebidos e tiveram alguma relevância: 

1. Os porcos

Durante o episódio o grupo cuida de alguns porcos, os deixando com alguns zumbis presos para servir de alimento. Morgan participa da expedição e é informado de que essa tarefa é de extrema importância. Os porcos são abatidos e preparados. Ezekiel junta o grupo e leva os porcos numa caminhonete. Os Salvadores aparecem, como esperado, e os porcos é um pagamento a Negan para "manter a paz entre os grupos". Durante a entrega dos porcos um personagem chega a afirmar "os porcos estão bem alimentados" com um tom de ironia.

Publicidade

Os porcos são entregues e o grupo vai embora. Ezekiel diz que a comunidade não pode saber desse acordo com o Negan pois vão querer lutar, e se lutarem vão perder. O grupo do Negan mantem o controle sobre eles, mas o que não sabem é que estão comendo carne contaminada de porcos, o que não podem fazer muito bem à eles. 

2. A filosofia de Morgan

Vemos Morgan durante o episódio parecendo deixar de lado sua filosofia de que toda vida é preciosa. Enquanto ensinava Benjamim a lutar por ordens de Ezekiel, Morgan se sentiu incomodado quando o rapaz questionou seus princípios de acordo com o livro que viu de Morgan. Durante a entrega dos porcos ao grupo de Negan houve uma provocação por parte dos Salvadores, no qual teve uma luta entre dois personagens de ambos os grupos. Morgan se viu de repente com uma arma na mão apontando para o Salvador. Logo após passou um tempo olhando para arma e fez uma expressão de preocupação. Será que Morgan deixará de lado o preposto ensinado a ele de que "toda vida é preciosa"?

3. A supremacia de Carol

Para quem parecia que não iria sobreviver nem a primeira temporada da série, Carol é hoje a personagem que mais mudou e que é a representativa de The Walking Dead do que o apocalipse zumbi pode fazer com uma pessoa.

Publicidade

Carol e Morgan foram levados ao Reino. Após acordar, ainda cansada, Carol foi conhecer Ezekiel e logo de cara conquistou ele com sua "simpatia". Mas tudo não passava de uma farsa, Carol ridicularizou o lugar dizendo ao Morgan que tudo ali era um circo. E com seu dom de enganar as pessoas se passando por boazinha, Carol iria fugir, voltando escondida para Alexandria. Mas logo Ezekiel percebeu isso nela e teve uma longa conversa. O qual disse que as pessoas precisavam de uma representatividade que nem ele. Logo foram aberto os jogos para ambos os lados e Carol disse que iria partir. Após partir, Carol ficou numa casa. Ezekiel chegou com um romã e sua tigresa e assim acabou o segundo episódio da sétima temporada de The Walking Dead. Será que teremos um novo casal em The Walking Dead?

E você, o que mais achou de importante nesse episódio?  #7ª temporada