Determinadas introduções são capazes de nos situar do que pode acontecer no seriado, outras despertam a curiosidade, algumas nos fazem cantar, outras ainda apresentam os personagens, além de muitos outros estilos. A grande questão é que a abertura de uma série pode dizer muito sobre ela e ainda ganhar alguns fãs a mais.

Confira as melhores dos últimos tempos:

Pushing Daisies

A trama traz um confeiteiro que tem, como peculiaridade, o dom de ressuscitar as pessoas com um toque, e matar também com o mesmo simples gesto. A série foi cancelada precocemente e acabou passando despercebida. Sua abertura trazia um gráfico meigo, semelhante a um universo de fantasias, justificado pelo contexto em si.

Publicidade
Publicidade

Extremamente funcional e explicativa.

Mad Men

Esse seriado se passa em 1960 e traz uma trilha sonora incrivelmente memorável. Sua abertura possui inúmeras alusões ao universo da cultura pop, trazendo de imediato uma recordação de 'Um Corpo que Cai'. Um despenque elegante do protagonista rodeado de propagandas, traduz o conceito de uma vida superficial.

The Big Bang Theory

Para quem é fã de comédia e "nerdices", esse seriado pode ser um dos melhores. A trilha sonora da sequência de início gruda na cabeça, embora seja difícil acompanhar a letra inteira, e as imagens aceleradas de "história do mundo" fazem o público querer desvendar o que há em cada frame.

Game of Thrones

Se você não é um fã de Game of Thrones, ainda é possível que, mesmo assim, você tenha ao menos escutado a música da abertura da série.

Publicidade

O conceito visual da sequência é sensacional, e se transformou em um ícone, além de firmar um alto padrão. A cada episódio a abertura sofre alterações, se expande, construções são elevadas, outras destruídas, algumas passam a pertencer a outra Casa, e por aí vai.

Westworld

Bom, apenas um episódio foi exibido da série que fez um misto de si-fi e western até o momento e já é possível dizer que #Westworld poderá competir ao Emmy 2017, na categoria de melhor abertura. Principalmente porque segue o "padrão GOT".

Stranger Things

Além do roteiro impecável e oitentista, a introdução de Stranger Things é também impecável e faz jus à época. Do mesmo modo que outras séries da Netflix, a sequência tem aproximadamente um minuto e tem uma música tão enigmática quanto a trama da história. Vale citar que a logo de ST foi a mais copiada e adaptada deste ano.

  #Seriados #Game of Thrones