O #Ator Carl Schumacher foi encontrado morto em sua casa. Ele foi ator, diretor de teatro brasileiro e dramaturgo, e atuou com o grande ator e humorista Renato Aragão na '#A Turma do Didi', Schumacher fez papéis também em algumas novelas com 'A Favorita", interpretando o personagem de Adalberto Galdino, em 'Bang Bang', como o Coppola, e em 'Eterna Magia' no papel de Carlão. Trabalhou ainda em uma série e uma minissérie: "A Cura" e "Amazônia - De Galvez a Chico Mendes", respectivamente. Carl trabalhou também nas emissoras TV Cultura, SBT e Band. Ele fez inúmeros papeis em teatros brasileiros, foram belíssimos trabalhos e atuações, tudo feito com muito carinho e amor para seus fãs.

Publicidade
Publicidade

A #Morte de Carl foi confirmada oficialmente por Alexandre Bandeira, foi ele quem encontrou o corpo do amigo no último domingo (29), na casa onde ele morava em Contagem, na Região Metropolitana de BH. Alexandre informou sobre o falecimento na página oficial de Schumacher no Facebook: "Não queria ser eu a pessoa a vir aqui e falar isso, mas infelizmente nosso amigo Carl Schumacher veio a falecer", escreveu ele.

Alexandre e outros amigos chegavam na casa de Carl para um ensaio marcado de uma peça, mas quando chegaram o amigo já estava morto e não havia nada que pudesse ser feito para ajudá-lo. "Vá meu amigo, vá brilhar ao lado de Deus. Tenho certeza que você agora está em um lugar bem melhor", desabafou Bandeira no Facebook. Ele deixou bem claro que Carl morreu de forma natural, sem sofrimento, sem dor, morreu dormindo.

Publicidade

Segundo Alexandre Bandeira, ele era diabético e sentiu dores no sábado a noite, porém não foi ao médico, e ao que tudo indica a causa da morte foi ataque cardíaco.

Não acreditando na notícia um fã comentou: "Fica a esperança de ser apenas uma brincadeira de mau gosto.", imediatamente ele teve uma resposta de Alexandre "Infelizmente não, estamos aqui junto dele aguardando as providencias".

Flaviana Leo atriz e amigo do ator também relatou no Facebook sobre o momento em que encontrou Carl sem vida. "Não deu tempo de socorrê-lo! Meu querido, muito obrigada pelas belíssimas personagens - um lindo presente!", agradeceu também pelos últimos dias que esteve com ele.