#Calvin Harris lançou o #Clipe de “My Way” na última sexta (28) e, embora negue que a música tenha sido feita para a ex-namorada, a cantora #Taylor Swift, o clipe parece ter mais referências do que se esperava. Seriam indiretas do DJ escocês para Taylor?

O site internacional E!News parece não ter dúvidas e lançou a discussão no ar. A história no clipe mostra uma relação nitidamente fria e distante, regada à realidade virtual. Há drama e infelicidade no rosto dos personagens. O visual da personagem é o que mais tem intrigado os fãs até aqui. Confira algumas “coincidências”:

A primeira coisa é o estilo da garota.

Publicidade
Publicidade

Os vestidos de bolinha lembram demais os de Taylor na vida real, que ela costuma usar e com bastante frequência há anos, quase uma marca registrada do visual da cantora. Cortesia dos figurinistas de Harris? Fica a dúvida.

A segunda cena que mais lembra Taylor Swift é quando a garota aparece em pé sobre o cavalo, que lembra muito a mesma cena, protagonizada por Taylor em seu clipe de "Blank Space". A única diferença é que, ao contrário da cantora, a protagonista do clipe de Harris cavalga, enquanto Swift permanece parada.

Aqui a alusão da mesa de jantar no clipe de "My Way" lembra muito uma cena similar no vídeo de "We Are Never Ever Getting Back Together", de Taylor Swift.

Publicidade

Até o clima entre o casal parece o mesmo.

A vibe sci-fi também está presente no clipe. E a roupa branca, com corte parecido? Também está lá. Posição na horizontal? De novo, presente.

Por último, fica claro que o visual da garota quer mesmo aludir à Taylor Swift, dessa vez no clipe "Bad Blood", em que ela aparece com uma roupa muito parecida: um visual meio pós-apocalíptico e poderoso.

Comentários Desativados

O clipe de "My Way" foi lançado ontem no YouTube e já rendeu mais de 2 milhões de visualizações em menos de 24 horas. Curiosamente, e para "desespero" dos fãs de ambos os artistas em questão, os comentários estão desativados. Estaria Harris tentando evitar que haja discussão e polêmica sobre o vídeo? Confira abaixo o clipe e tire suas próprias conclusões: