De segunda a sexta-feira, os fãs de filmes podem assistir aos longas-metragens selecionados pela Rede Globo para a “Sessão da Tarde”, exibida logo depois do programa “Vídeo Show”.

Nesta semana, a Globo exibe “#O Amor É Cego”, “A Super Agente”, “Loucuras da Idade Média”, “Direito de Mãe” e “#Sexta-Feira Muito Louca”. Com exceção do drama “Direito de Mãe”, todos os outros são comédias.

Jack Black, Gwyneth Paltrow, Miley Cirus e Martin Lawrence estão entre os astros de cinema que aparecerão na “#sessão da tarde” desta semana.

Segunda-feira (17)

Nesta segunda, a Globo exibe o filme “O Amor É Cego”, de 2011. A comédia é estrelada por Jack Black e Gwyneth Paltrow.

Publicidade
Publicidade

Black é hipnotizado e se apaixona por uma mulher obesa que, aos seus olhos, é perfeita (Patrow). O filme foi dirigido por Eter Farrelly e Bobby Farrell.

Terça-feira (18)

Na terça, a Globo leva ao ar o filme “A Super Agente”, uma comédia de 2012. O longa-metragem dirigido por Tom Vaughan é estrelado por Miley Cirus, que interpreta uma jovem detetive que se infiltra em uma irmandade de patricinhas para proteger a filha de um mafioso.

Quarta-feira (19)

Martin Lawrence dá vida ao tagarela Jamal Sky Walker no filme “Loucuras da Idade Média”, de 2001. Na comédia, Walker trabalha em um parque temático sobre a idade média. Uma bolada na cabeça muda a vida do homem, que acorda no ano de 1328 e terá, ao lado de uma camponesa e de um ex-cavaleiro, uma luta contra um rei muito malvado.

Quinta-feira (20)

Na quinta-feira, a Globo aposta em um drama na “Sessão da Tarde”.

Publicidade

Será exibido o filme “Direito de Mãe”, de 2014, dirigido por Michael Feifer. A trama se passa na França, onde Vicky, filha de um político local, engravida aos 18 anos. Seu pai doa a criança e ela inicia uma batalha na justiça para recuperar a guarda da criança.

Sexta-feira (20)

No último filme da semana, a Globo volta a exibir uma comédia. Será o filme “Sexta-Feira Muito Louca”, de 2003, dirigido por Mark S. Waters. Tess é mãe da jovem Anna e as duas vivem brigando. Até que um dia elas trocam de corpo e terão que aprender a conviver com a vida da outra.