Nesta quinta-feira, 27, os telespectadores da #Rede Globo de Televisão no Rio de Janeiro ficaram chocados com um comercial de "direito de resposta da TV Record". O comunicado, que traz até o selo da emissora do bispo Edir Macedo, defende a Record em plena Globo, diz que o canal não tinha firmado compromisso em fazer um debate eleitoral no segundo turno e que continuará pautando sua programação na qualidade e no respeito. O pior de tudo, pelo menos para a Globo, é que ela foi obrigada a mostrar isso em diversos horários, até mesmo no horário nobre, como  no intervalo do reality show musical 'The Voice Brasil'. 

A obrigação se deu por conta da legislação eleitoral.

Publicidade
Publicidade

Isso porque o tal "direito de resposta da Record" não foi conseguido com uma ação judicial ou por camaradagem da Globo. As propagandas, na verdade, apenas fazem parte do tempo que o candidato Marcelo Crivella, Senador pelo PRB e bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, tem de inserções comerciais. Em sua propaganda eleitoral, Crivella diz que a TV Globo, a Veja, o PMDB e outros estão tentando enganar o eleitor, mas que esse era sábio. Ele ainda disse que o mesmo foi feito em 2014, quando se candidatou ao governo do estado, mas perdeu para Luiz Fernando Pezão.

Crivella disputa a prefeitura do Rio de Janeiro com Marcelo Freixo. De acordo com uma pesquisa do Ibope divulgada nesta quinta, ele está a 17 pontos percentuais à frente do candidato de esquerda. Na campanha para televisão, ambos candidatos estão, como diria a ex-presidente Dilma Rousseff, fazendo o "diabo".

Publicidade

Ao invés de disserem suas propostas, os dois tem se atacado. 

A TV Globo já chegou a se defender em telejornais, negando que esteja defendendo um ou outro candidato, mas sim relatando os fatos. Nos últimos tempos, no entanto, veículos da empresa realmente estão pegando mais no pé de Marcelo. Ele, por sua vez, decidiu não comparecer aos debates propostos pelos veículos da organização da família Marinho. Até o debate desta sexta-feira, 28, ainda é uma incógnita.  #Famosos #Rede Record