Há anos a RedeTV! é conhecida por exibir trechos de programas de outros canais e ganhar audiência com isso. Sem muito trabalho, o canal é capaz de exibir horas de material alheio, muitas vezes sem não dar crédito. Agora, no entanto, a Rede Globo ficou "irritada" e decidiu acionar judicialmente o canal comandado por Marcelo de Carvalho e Amaury Junior. De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco, em matéria divulgada nesta sexta-feira, 07, a ação na justiça foi motivada pelo abuso de exibição de conteúdo nos programas da emissora, especialmente em torno da morte do ator #Domingos Montagner, cujo último personagem em novelas foi 'Santo', em 'Velho Chico', folhetim exibido no horário nobre e assinado por Benedito Ruy Barbosa. 

A nota dada por Flávio Ricco foi publicada um dia depois do jornalista Daniel Castro, do 'Notícias da TV', falar que existia uma possibilidade do processo realmente aconteceu.

Publicidade
Publicidade

A bronca não é de hoje e pode comprometer até as relações entre os canais, que vinham negociando, por exemplo, o repasse dos direitos do futebol na série B do 'Brasileirão', especialmente depois que a TV Bandeirantes - que passa por uma crise - acabou abandonando o projeto esportivo. A exibição na RedeTV! do futebol seria bom para os dois canais. Uma que a Globo não seria afetada na audiência, mas a RedeTV! poderia registrar algum crescimento, já que o Ibope do canal costuma ser bastante baixo em diversas faixas horários. Além disso, a Globo ganharia algum dinheiro, economizando com esse evento esportivo.

A maior polêmica, que pode ter sido a última gota d'água, em um copo que já estava quase transbordando, teria sido a grande exploração do programa 'A Tarde É Sua', de #Sônia Abrão, em torno da morte de Domingos Montagner.

Publicidade

A atração exibiu na íntegra uma entrevista dada por Camila Pitanga ao 'Fantástico' e ainda disse que o material era da internet, não dando créditos à TV Globo. O mesmo já havia acontecido em outros programas, como o 'TV Fama', que recorrem a frames para tentar burlar os direitos autorais.