Após a prisão de Eduardo Cunha, deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados, o policial que efetuou sua prisão, Lucas Valença, ganhou fama repentina, sendo apelidado de "Hipster da Federal" por internautas. Por causa disto, ficou disputado pelas as mídias de comunicação.

Os seguidores do rapaz aumentaram de forma inesperada – mais de 200 mil em pouco me nos de uma semana. Além disto, Lucas participou do "Encontro com Fátima Bernardes", "Programa do Porchat" e até uma entrevista à rádio Estadão.

Na entrevista à rádio, o rapaz revelou que já recebeu convite para posar nu. O próprio revelou que já recebeu alguns convites e se mostra interessado.

Publicidade
Publicidade

Porém, ele acha que tudo está acontecendo muito rápido, em menos de uma semana.

O policial disse que não pode tomar decisões impensadas e que irá analisar com cautela o que será o melhor para sua vida, ele está realmente considerando posar, mas ainda não pode confirmar se o fará ou não.

O “Hipster da Federal” contou ainda a surpresa que foi descobrir que estava famoso. De acordo com ele, seu WhatsApp tinha mais de 300 mensagens da família e de amigos dizendo que ele estava famoso. No primeiro momento em que olhou o seu Instagram viu que tinha mais de 100 mil seguidores.

Lucas já conta, inclusive, com assessoria de imprensa para ajudá-lo com entrevistas e com as redes sociais. O rapaz revelou ainda que nem sabia o que significava hipster antes de receber o apelido vindo das redes sociais e divulgado pela a imprensa.

Publicidade

O rapaz ainda esclareceu que não foi afastado de seus serviços na Polícia Federal, ele alega estar de férias, que ele mesmo solicitou: "...precisava de um tempo para mim.", disse. Lucas falou ainda sobre a fama, ele afirma estar gostando de ser reconhecido. Revelou ainda que está solteiro.

O "Hipster da Federal" é o segundo agente da Polícia Federal a ganhar uma fama repentina, o chamado "Japonês da Federal", Newton Ishii, também passou a ser alvo de vários comentários na internet. Para recordar, Newton foi preso por facilitar contrabando, ele continua trabalhando, com tornozeleira eletrônica. #Polêmica #Política #Famosos