A triste realidade dos dias atuais é que a violência está em todo lugar e os bandidos estão cada vez mais ousados e criativos para alcançar seu objetivo. Um crime que aconteceu na noite de ontem (02), em #Paris, está chamando a atenção do Brasil e do mundo, visto quem foi a vítima da vez: a famosa #Kim Kardashian.

Kim é muita conhecida no mundo dos famosos, pois é atriz, empresária, modelo, estilista e apresentadora nos Estados Unidos. A atriz estava em Paris, junto com a mãe e as irmãs, para participar de uma semana de moda, onde, inclusive, sua irmã Kendall Jenner desfilou.

Kim foi abordada por cinco homens mascarados e armados, vestidos de policiais, enquanto estava hospedada em um hotel de luxo da cidade. O vigia do local foi preso pelos bandidos em um banheiro.

Publicidade
Publicidade

Segundo a assessoria da celebridade, ela está bem, sem dano físico, mas muito abalada emocionalmente. Kim é casada com o rapper Kanye West, que, no momento em que a esposa foi vítima do #assalto, estava realizando um show no Festival de Meadows, em Nova York.

O rapper parou o show no mesmo momento em que soube do acontecido com Kim, informando ao público que o motivo era uma 'emergência familiar'.

Os bandidos levaram da famosa os celulares e muitas joias, que foram avaliadas em mais de US$ 11 milhões de dólares, quase 30 milhões de reais.

Crime em hotel

Infelizmente, a violência está para todo lado e ninguém está livre dela, nem mesmo os famosos. Esse caso de Kim Kardashian, ocorrido em um hotel, lembra em muito o que aconteceu com a apresentadora Ana Hickmann, em um hotel na cidade de Belo Horizonte, em maio desse ano.

Publicidade

A modelo foi abordada em seu quarto de hotel por um fã, que estava revoltado com a mesma. Ana estava no quarto, na presença de sua assessora e cunhada Giovana, quando o fã abordou o seu cunhado e marido de Giovana, Gustavo Corrêa, no corredor e obrigou-o a levá-lo até Ana Hickmann.

Nesse caso, o homem não queria roubar, mas se vingar de Ana, que, segundo ele, estava desprezando-o e brincando com seus sentimentos. Infelizmente, o resultado foi a morte do fã de Ana, Rodrigo de Pádua. Ana não se feriu, mas sua cunhada levou um tiro e teve que ser encaminhada ao hospital, recebendo alta dias depois.