Mônica Iozzi se deu mal dessa vez ao criticar o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes e terá que pagar uma multa no valor de R$ 30 mil. A atriz ainda vai arcar com as custas do processo e também honorários advocatícios. A senhorita Iozzi está sempre criando polêmica nas redes sociais, onde comenta bastante a respeito de #Política e a situação econômica do país, recebendo apoio dos fãs, mas também duras críticas daqueles que não concordam com sua forma de pensar.

Iozzi divulgou em seu perfil no Instagram, uma foto onde o ministro Gilmar Mendes é associado a crimes de violência social, a imagem traz uma faixa vertical, como se fosse de "estacionamento proibido".

Publicidade
Publicidade

A ex-apresentadora do "Vídeo Show" ainda fez duras críticas ao habeas corpus que foi dado a Roger Abdelmassih e comentou na mensagem postada: "Se um ministro do STF faz isso, nem sei o que esperar".

Não demorou muito para que Gilmar Mendes abrisse um processo contra a atriz que estará em "Vade Retro", pedindo uma indenização e a alegação do ministro foi de que ele teve danos morais. O juiz responsável pelo caso deu ganho da causa ao ministro e se justificou dizendo que #Monica Iozzi poderia perfeitamente ter exposto sua opinião, mas jamais pode "violar a dignidade, a honra e a imagem de Gilmar Mendes."

Apesar da punição, Monica Iozzi continua abordando temas sociais e políticos nas redes sociais. Mesmo ela vivendo a melhor fase de sua vida profissional, o que ela mais comenta e critica, é a atual situação do país.

Publicidade

Quem acessar o perfil da senhorita Iozzi no Twitter vai se deparar com as mais diversas postagens criticando o mundo político, sendo que uma das últimas foi em relação ao fato da "guerra" entre a igreja Universal e Valdemiro, que deverá ter fim com as eleições. Iozzi lamenta que o país ainda deixe a religião se misturar com política.

Ela ainda retuitou uma mensagem dizendo que o Rio de Janeiro não merece um segundo turno entre Crivella e Pedro Paulo, também criticou o plano para as escolas terem período integral, entre outros comentários.

Pelo visto, não vão conseguir calar Monica Iozzi e assim como fazia no "CQC", agora nas redes sociais ela detona geral. #Investigação Criminal