Quando vai à praia, a glamorosa #Mônica Martelli exibe seu #corpão e barriga tanquinho aos 48 anos, deixando muitas mulheres mais jovens com inveja. E a morena ainda afirma que não faz nenhum tipo de dieta para se manter em forma.

A atriz e apresentadora diz que ter o corpo magrinho e sequinho é culpa da genética de família, pois a maioria de seus familiares possui a mesma estrutura de corpo e sofrem dificuldades para engordar. Mas admite que a escolha da sua alimentação também colabora.

Não faz dietas, mas prefere manter uma rotina saudável de alimentação, pois, se for para escolher entre uma fritura e um assado ou grelhado, ela sempre escolhe o segundo e terceiro, pois sabe que já não é mais tão novinha e sabe o que realmente vai fazer bem para a sua saúde.

Publicidade
Publicidade

No entanto, não se restringe a somente comidas saudáveis, pois quando sente vontade, come um doce, um lanche ou algo que quer naquele momento, mas sempre de forma consciente e sem exageros. Mas conta que o segredo para manter o corpo em forma são suas atividades físicas, mesmo que não tenha uma preferida, segue seu coração e disposição.

A musa afirma também que não possui uma forma fixa de se exercitar, está sempre mudando, pois enjoa muito rapidamente de certas rotinas. E quando está no pique, malha, mas quando enjoa, muda para yoga ou para pilates, mas que agora, sua paixão está centrada em vôlei de praia e que devido ao aquecimento antes e durante o jogo em si, é uma forma maravilhosa de queimar calorias.

E sobre o segredo de sua beleza em eventos, a #atriz diz que não recebe ajuda para se arrumar, com anos de prática, não demora muito para montar um look e que sabe exatamente o que fica bom em seu corpo, cabelo e maquiagem.

Publicidade

Independente do que está na moda, não irá usar uma sombra azul, pois sabe que em seu rosto não cai bem.

Em sua vida pessoal, a apresentadora fala sobre a sua postagem recente que escreveu: “Eu só descobri que era estupro semana passada.”.  Mônica diz que só percebeu que foi abusada depois de muito tempo, pois como a sociedade em que vivemos é machista, trata o ‘forçar’ a esposa ou a namorada a ter relação sexual quando ela não quer como algo normal, mas não é.

Que sempre que pensamos em abuso, ele sempre vai ocorrer em um beco escuro e com um cara mascarado, mas não, ele pode ocorrer dentro de casa. E deixa um alerta para todas as mulheres: “Nós somos donas do nosso corpo, para usarmos o que quisermos, sair quando quisermos e fazer o que quisermos”.