Recentemente, o #Filme de #Terror famoso chamado ‘A Bruxa de Blair’, foi um clássico que reacendeu o interesse das pessoas em relação ao gênero que além disso, deixou muitas questões mal resolvidas entre os telespectadores.

Na trama, foi abordado o estilo de registro ‘filmagem encontrada’, mas também, foi um dos filmes mais comentados pela web depois que surgiram inúmeros boatos que fizeram muitos acreditarem que se tratava de uma história real. Enfim, tudo não passou de mentiras criadas e uma incrível jogada de marketing que fez o filme lucrar mais de U$240 milhões pelo mundo todo.

Mas deixando as mentiras de lado, vamos à uma história de fatos reais que acabou virando um filme de terror de grande sucesso nos cinemas que ao contrário de ‘A Bruxa de Blair’, esse sim foi criado baseado em fatos reais.

Publicidade
Publicidade

Veja a seguir o que deu origem ao filme ‘O Exorcista’ e saiba como ele foi inspirado.

‘O Exorcista’ e a sua real história

O filme foi lançado no ano de 1973, quando nem existia #Cinema direito e foi um dos mais assustadores já vistos. Mas o que poucos sabem, é que o clássico foi inspirado em uma história real que foi relatada a partir de um livro.

A história do filme ‘O Exorcista’ na vida real, conta sobre um garoto de 13 anos que vivia em Cottage, em Maryland – EUA. O menino se chamava Robbie Manheim e foi chamado posteriormente pela igreja católica pelo nome de ‘Roland Doe’.  

O tutor do menino, chamado ‘tio Harret’, era um espírita e também a sua única companhia, o qual apresentou Robbie a tábula ‘Ouija’, a qual segundo o homem, servia para que ele pudesse se comunicar com os mortos. Como Harriet veio a falecer no ano de 1948, Robbie começou a tentar contatá-lo através do presente recebido pelo seu tio.

Publicidade

Foi aí então que ele começou a demonstrar comportamentos de que estava sendo possuído.

Depois de passar por vários especialistas e padres, o menino foi levado para um hospital psiquiátrico em St. Louis, onde notava-se que ele tinha aversão por objetos religiosos. Segundo relatos, muitos padres chegaram a se machucar de verdade durante os rituais de exorcismo com Robbie, pois segundo eles, o garoto tinha uma força descomunal e durante as sessões, ele só falava em latim.

Depois de 30 dias de exorcismo, Robbie ‘acordou’ no dia 18 de abril do ano de 1949, que foi quando ele afirmou que não se lembrava de nada que havia ocorrido posteriormente. Depois disso, a família dele se mudou e o menino nunca mais foi atormentado.

Dois dias depois que Robbie foi exorcizado, o jornal famoso ‘The Washington Post’, publicou a história completa em detalhes e até mesmo citou os nomes de todos os especialistas e padres que lutaram para a melhoria do menino. Então foi daí que o escritor Willian Petter Blatty se inspirou e deu origem ao livro ‘O Exorcista’, que foi a base para a criação do longa, esse que foi um incrível sucesso e fez muita gente chorar e até mesmo fugir dos cinemas na época.