Relações entre #Animais, mesmo os da mesma espécie, podem ser bastante selvagens. Em ambientes hostis, onde prevalece a falta de alimento, vale tudo para conseguir sobreviver, até tomar atitudes que são vistas como incomuns. Isso  é o que é registrado em um vídeo publicado por uma famosa rede social de imagens dos Estados Unidos. De acordo com informações do jornal carioca Extra, em reportagem publicada nesta segunda-feira, 31, o que é mostrado no tal #Vídeo é um "peixe bagre". Personagem das águas brasileiras, o bicho aquático protagonizou tais cenas em um lago em Pinch, no estado da Virgínia, nos Estados Unidos. 

Quem acabou vendo a cena foi justamente um pescador.

Publicidade
Publicidade

Talvez com receio de que as pessoas não acreditassem em mais uma de duas histórias, ele decidiu filmar tudo. O momento do ataque então agora pode ser visto por quem quiser e as imagens do ataque do peixe bagre viralizaram na internet, além de serem exibidos por alguns programas de televisão mundo afora. Afinal, não é todo dia que se noticia algo desta maneira e tamanho, não é mesmo? 

O vídeo mostra que o peixe maior tenta engolir o companheiro de lago, colocando toda a cabeça dele em sua boca. O animal menor tenta então lutar pela vida e se mostra resistente contra o rival de tamanho impressionante. Enquanto a natureza faz a sua parte, o pescador vê tudo, parecendo não acreditar na sequência de cenas que filmava."Parece que esse bagre tentou comer mais do que consegue", diz em inglês o pescador que está animado com a gravação, que mais tarde ele mesmo publicaria nas redes sociais.

Publicidade

A piada com o fato de um peixe querer devorar o outro deu o que falar. 

A gravação impressionou internautas, que se chocaram com a "gula" do peixe gigante. Os bagres podem ter entrado na disputa por disputa pelo espaço territorial, diz a matéria do Extra, que repercutiu o conteúdo. 

Veja abaixo o vídeo que mostra o ataque do peixe a seu amigo. Será que ele estava com tanta fome assim? Difícil saber. Não esqueça de comentar e compartilhar mais essa história.