A prisão de Eduardo Cunha já era esperada e foi comemorada por muitos brasileiros, mas o policial responsável por escoltá-lo, no Aeroporto de Brasília até o avião, foi a surpresa mais agradável para um público fã de homens fortes, de barba e estilo hipster.

Sua aparição, nas primeiras fotos da cobertura jornalística, foi o suficiente para quebrar a web e fazer aparecer comentários curiosos para saber quem era o "policial hipster", "hipster da Federal" ou "agente lenhador hipster de coque masculino", como foi definido por uma usuária da rede social Twitter.

Para aquelas pessoas mais curiosas, o agente, dono de uma barba e um coque de respeito, é Lucas Valença, de 30 anos.

Publicidade
Publicidade

Segundo sua conta no Facebook, Lucas é formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Goiás, está solteiro e entrou para a Polícia Federal em 2012.

Em sua conta do Instagram o "Hipster da Federal" não é tímido e tem algumas fotos postadas mostrando que, além do estilo que agradou o público feminino durante a ação de transferência do ex-Deputado Eduardo Cunha, também esbanja boa forma com direito a abdômen trincado na praia, fotos com cachorros e com colegas da Federação de Paraquedismo do Distrito Federal, que também faz parte.

Antes de Lucas Valença, o agente da #Polícia Federal que fazia sucesso na web era o chamado "Japonês da Federal", Newton Hidenori Ishii, mas não por seus atributos físicos, mas por estar em ação na prisão de diversos figurões da Operação #Lava Jato e também por ser citado em um áudio de um dos condenados Nestor Cerveró, que o denominou como "Japonês Bonzinho".

Publicidade

Se a nova sensação da Polícia Federal, Lucas Valença, aprendeu com a experiência do colega Ishii, vai concluir que os holofotes colocam em evidência situações que, normalmente, tramitariam de forma menos espalhafatosa. Para quem não lembra, Ishii também era investigado e foi condenado pela Operação Sucuri, que investigava agentes que facilitavam o contrabando em Foz do Iguaçu. Atualmente, ele continua na ativa e trabalhando com uma tornozeleira de monitoramento.

Será que veremos Lucas Valença com mais frequência? Brasileiros e brasileiras esperam que sim, principalmente se for para combater cada vez mais a corrupção do país. O que você achou do hipster da Federal? Comente! #Política