Em Fortaleza, capital do Ceará, foi deflagrada a operação “For All” – uma denominação dada às origens do estilo musical forró – que ouviu quatro bandas nessa última terça-feira (18), inclusive, um dos grupos mais populares do Nordeste e do País, o Aviões do Forró.

A Polícia Federal foi até a residência dos cantores da banda, Solange e #Xand, para levá-los a prestarem depoimento. Há o risco deles serem presos juntos aos outros integrantes do Aviões do Forró que participaram – como 'laranjas' – da suposta sonegação de impostos, fraudes e lavagem de dinheiro?

Segundo a coordenadora que está ajudando nas investigações, Dora Lúcia Oliveira de Souza, nesse momento os artistas estão sendo investigados e dando suas explicações à Justiça.

Publicidade
Publicidade

Eles não podem ser presos até o momento em que a PF possa ter todas as provas em mãos.

Solange e Xand podem responder por terem participado dos esquemas de sonegação de impostos e lavagem de dinheiro que se deram através de compra de imóveis – como carros e outros bens – que foram feitos através de 'laranjas'. Caso sejam confirmadas as fraudes, os cantores da Aviões do Forró podem, sim, ser presos.

De acordo com o superintendente da PF, Delano Cerqueira, todos os integrantes das quatro bandas que estão sendo investigadas estão passando por essas averiguações, para que a Polícia Federal consiga dar os próximos passos nesse caso. “Estão todos sendo ouvidos pela Polícia Federal para averiguações, para declarações, para que a PF possa dar os próximos passos”, acrescentou o oficial.

Em nota, a banda Aviões do Forró informou aos seus fãs e ao público em geral que está, nesse momento, colaborando com todas as investigações feitas pela Polícia Federal.

Publicidade

A assessoria de comunicação do grupo acrescentou que, inclusive, está à disposição da Justiça para qualquer tipo de esclarecimento a respeito desse caso. Por fim, a banda também informou aos seus fãs que irá seguir com a agenda de shows.

Nesse esquema, de acordo com informações, mais 26 empresas de diversas áreas também estão sendo investigadas por envolvimento nessas fraudes. A PF explicou que as movimentações financeiras eram feitas de forma objetiva, em espécie, entregue nas mãos dos envolvidos.

A Polícia Federal ainda revelou que mais de meio milhão de reais teriam sido sonegados. #Solange Almeida #Aviões do Forró