Susan Sarandon dispensa apresentações. Indicada 5 vezes ao Oscar de melhor atriz principal, ganhou a estatueta em 1995 com o filme Dead Man Walking (Os Últimos Passos de Um Homem),  no qual atuou com Sean Penn, que foi seu namorado, e foi dirigida por Tim Robbins, com quem se casou. Com o sucesso de Thelma & Louise, de 1991, se tornou um ícone do #Cinema, embora sua primeira indicação ao Oscar tenha sido dez anos antes.

Família: o que mais importa

A primeira filha, do relacionamento com o diretor italiano Franco Amurri, Eva Amurri, é também atriz. Do casamento com o ator Tim Robbins, tem dois filhos. Agora que se tornou avó, declarou: "Tenho tanto orgulho por ter conseguido isto, minha família é o meu maior feito!" Susan Sarandon gosta de dizer que o trabalho mais difícil é o de ser mãe e quando perguntada sobre o que faz, gosta de dizer "mãe, ativista e atriz, nesta ordem".

Publicidade
Publicidade

Carreira

A sólida carreira começou sem planejamento em 1970. A partir de então, Sarandon atuou em séries, novelas e mais de 50 filmes. Em 1983, seu papel de lésbica ao lado de Catherine Deneuve em The Hunger (Fome de Viver), deu o que falar. A maioria de seus personagens são fortes, como em O Óleo de Lorenzo e Thelma & Louise.

Em seu último filme, Mothers and Daughters (2016), atua com a filha Eva e Sharon Stone. Mais uma vez, em pauta o relacionamento entre duas mulheres, mas, desta vez, mãe e filha.

Causas

Ativista política, socialista, liberal e feminista, apóia a causa LGBT, luta contra o racismo, a desigualdade e "tudo o que tem a ver com as mulheres". É Embaixadora da Boa Vontade da Unicef e no último natal foi à Grécia ajudar a receber refugiados sírios.

Aos 70 anos, tornou-se também embaixadora de uma famosa marca de cosméticos, a L'Oréal Paris, e afirmou sentir-se lisonjeada com o convite.

Publicidade

Em entrevistas que concedeu ao ser anunciado seu nome para representar a marca, Susan Sarandon disse considerar que envelhecer bem é estar confortável consigo mesma. Segredos de beleza? "Tento comer bem, tento ser feliz e sexo é bom para a pele talvez, não?"

 

  #Comportamento #Mulher