O casal, quer dizer, ex-casal do mundo do forró tecnobrega, #Ximbinha e #Joelma, voltaram nesta quinta-feira, 13, ao centro das polêmicas. Tudo porque os fãs da cantora estão acuando o guitarrista de tentar boicotar os shows da ex-companheira. A dupla anunciou o divórcio no ano passado. A separação foi muito conturbada, com direito a cantora da banda Calypso falando que apanhou do marido e que foi até ameaçada por ele. De acordo com informações do jornal Extra, os barracos entre os envolvidos voltaram a acontecer depois de uma trégua. Dessa vez, a filha da profissional da música, Natália Sarraff, usou as redes sociais para abrir mais uma polêmica que mexe com os fãs dos famosos. 

Natália disse no Instagram que alguém estaria muito interessado em tentar boicotar o show de gravação do DVD da mãe dela. A gravação continua agendada para o dia 09 de novembro, na cidade de São Paulo.

Publicidade
Publicidade

Será o maior passo para a carreira solo de Joelma desde a separação. Não citando nomes, a herdeira de Joelma disse que estão compartilhando na internet que o evento estava cancelado, mas que isso não passava de uma grande mentira. "Ingressos esgotados: pelo visto essas duas palavras causaram inveja", diz ela já no início da publicação que fez os fãs da mãe de Natália rapidamente entrarem no modo "compartilhar". 

Natália diz que um indivíduo não estaria muito satisfeito e que, por isso, anda criando notas falsas por aí. A filha de Joelma disse que Deus estava no controle e que não deixaria sua mãe desamparada, como vem fazendo nos últimos anos. Com a Calypso, a cantora e o guitarrista conseguiram vender mais de dez milhões de álbuns, mostrando o tamanho da relevância que eles tiveram no campo musical.

Publicidade

Em entrevista ao jornal Extra, Natália disse que não tem provas. Por isso, não acusaria formalmente o ex-padrasto. Ela disse que em seu post na internet não disse quem era a tal pessoa que estaria tentando boicotar Joelma, mas que ela não duvidasse que essa pudesse ser mesmo Ximbinha, que até o divórcio tinha nome escrito com 'CH'.