Nesta terça-feira, 01, a cantora #Preta Gil teve uma vitória contra o preconceito. A artista foi vítima de ataques preconceituosos na web recentemente, nos quais foi chamada de feia, gorda, além de receber ofensas racistas. Os ataques aconteceram no Facebook em julho deste ano. A Polícia Civil de Sorocaba, em São Paulo, noticiou que apreendeu dois adolescentes que teriam sido os autores dos tais ataques, uma menina de quatorze anos  e um menino de quinze. Eles agora vão ter que prestar esclarecimentos sobre a situação, mas já foram liberados. Preta não comentou a situação após a apreensão e "soltura" dos jovens. 

Segundo a polícia, ambos adolescentes seriam os autores de publicações feitas no dia 26 de junho.

Publicidade
Publicidade

Essas mensagens foram racistas. Agora as mães de ambos é que podem acabar pagando pelos atos dos filhos A pena vai a até cinco anos de prisão, enquanto os menores ficam sujeitos às chamadas medidas socioeducativas. Para achar os internautas, os investigadores pesquisaram os IPs dos computadores deles. Além dos jovens, quem também utiliza o computador do rapaz apreendido, era a mãe dele, uma outra filha e o namorado dela. Isso pode ampliar as investigações, afim de saber quem realmente fez as publicações. 

Além de um computador, dois notebooks foram apreendidos para passarem por uma perícia. Após a análise, o que ficar concluído será enviado para quem chefia o caso, a Delegacia de Crimes de Informática, no Rio de Janeiro. Além dos dois adolescentes apreendidos, um terceiro ainda é procurado.

Publicidade

O delegado que informou sobre o caso, Acácio Leite, diz que os adolescentes pertencem a um grupo que tem o objetivo de destilar mensagens preconceituosas e racistas na internet, a 'Máfia Maliciosa'. 

Explicações

Outro delegado, responsável pela apreensão em Sorocaba, Marcelo Carriel, contou que está comprovado que os adolescentes realmente postaram as mensagens preconceituosas em suas páginas. Preta Gil foi quem deu iniciou à apuração, quando fez um boletim de ocorrência no Rio de Janeiro.  #Famosos