Quem era criança na década de 1990 tinha um encontro marcado com o #SBT e um dos maiores fenômenos infantis da história da televisão, a novela 'Chiquititas'. Adaptada de uma versão argentina, a história virou sensação por aqui, ficando anos no ar. Fernanda Souza, grande sucesso até hoje, foi revelada na atração, na qual fazia a órfã Mili. Nesta quarta-feira, quase vinte anos depois do fim das gravações do folhetim, Fernnada, Aretha Oliveira, a Pata, e e Francis Helena Cozta, a Cris, encontraram-se novamente graças à uma produção do Multishow. 

A esposa de Thiaguinho então perguntou onde é que aperta o botão para ela poder voltar a viver aquilo tudo novamente.

Publicidade
Publicidade

Em seguida, já muito emocionada, ela pergunta para as colegas de 'Chiquititas' se tudo era ou não muito bom. As três se abraçam e protagonizam um grande momento fofo. Francis então brincou, falando que elas não iam começar a chorar, mas não aguenta. As três vão às lágrimas de forma bastante latente. "Foi uma das épocas mais legais da minha vida", completou Fernandinha, como era chamada nos bastidores da trama. 

Por ser gravada em outro país, 'Chiquititas' exigiu que o elenco ficasse muito tempo junto. Não demorou muito para que as garotas virassem uma única família. Souza, que era a mais conhecida da época, e que continua também sendo a mais famosa da atualidade, revelou que aqueles anos foram mágicos e que "viveria tudo de novo". Fernanda acredita que foi tudo perfeito nos tempos de gravação e que não tiraria absolutamente nada do que aconteceu.

Publicidade

A atriz disse que elas eram muito felizes, mas que hoje percebe a dimensão dessa felicidade. 

No programa, elas também contaram segredos dos bastidores, como a emoção de dar o primeiro beijo na televisão. As três também tiveram que fazer, sem grande esforço, a a coreografia da abertura da trama, que virou uma verdadeira febre na época. O encontro foi muito comentado na internet. "Estou revivendo a minha infância. Emocionada aqui em casa", disse uma das internautas no Twitter.  #Fernanda Souza #Novelas