Tudo indica que existe certo desconforto entre as equipes do astro sertanejo, #Luan Santana, e do forrozeiro cearense, #Wesley Safadão, ao menos é o que revela um portal que cobre o mundo dos famosos dentro do jornal MSN. Segundo as informações, Luan está ‘sofrendo’ um boicote realizado pela produtora do criador do hit ‘Camarote’. Ela é a responsável pelas vendas de shows que são realizados na região do Nordeste. Um fato que pode confirmar essa situação é a questão de que Luan já ficou de fora de dois grandes eventos que foram organizados pela própria produtora de Safadão.

Esses shows, que serão realizados no verão, em João Pessoa e Porto de Galinhas, estavam nos ‘desejos’ de Santana, no entanto, para a frustração dele e dos integrantes de sua própria equipe, o sertanejo foi simplesmente ‘deixado de lado’.

Publicidade
Publicidade

Outra questão denuncia ainda mais que pode existir, de fato, um boicote da produtora de Wesley com relação a Luan: a questão de que dois outros grandes astros da atual música sertaneja no Brasil, Jorge e Mateus e Gusttavo Lima, foram convocados pela produtora para marcarem presença no evento de Porto de Galinhas e João Pessoa.

“Luan gravou uma participação no DVD do Safadão e não recebeu o carinho de volta”, revelou uma fonte em entrevista para o jornal “Extra”. A mesma fonte ainda confirmou que houve comemoração por parte de algumas pessoas que fazem parte da equipe de Safadão quando souberam que Wesley conseguiu levar mais pessoas para uma casa de shows, em São Paulo, do que Luan. É provável, inclusive, que haja comemoração também por parte da equipe do forrozeiro ao saber que Luan não estará presente nesse importante evento do verão nordestino.

Publicidade

Isso, para esse informante, deixa bastante claro que as equipes dos dois cantores, Safadão e Santana, estão de fato ‘batendo cabeça’ e em uma provável rivalidade.

Apesar de toda a confusão envolvendo as equipes dos dois cantores com relação à contratação de shows, Luan Santana já tem alguns shows marcados para o Nordeste. Como é o exemplo do revéillon em Salvador, que o sertanejo já confirmou presença, porém, curiosamente, a venda não foi feita através da produtora de Safadão.