Nos últimos dois meses, a presença de #Paula Fernandes na mídia foi constante, e parece que a moça está atravessando um período de muita turbulência e falta de sorte. Não se sabe se foi aquela ‘dancinha’ nervosa que ela fez, que virou piada nas redes sociais, onde ela mais parece está fazendo uma dança ritualista indígena, confira o vídeo.

Num breve ‘flashback’, o fato é que foi a partir dali que as coisas começaram a ‘desandar’ para a cantora, e quando parecia que estava tudo correndo as mil maravilhas, Paulinha foi chamada para fazer um dueto ao lado do maior tenor de todo o mundo, #Andrea Bocelli, e o que aconteceu? Um desastre total e absoluto, digno de um país se envergonhar perante o mundo, a cantora esqueceu a letra de uma canção muito conhecida, a qual ela havia ensaiado antes, e pior, não alcançou as notas agudas, parou de cantar no meio da canção e ainda deu uma declaração falsa em seu perfil no Instagram, envolvendo a cubana que acompanhava o astro.

Publicidade
Publicidade

Pois bem, o ‘circo’ já estava armado, e acabou mal, pois a soprano Maria Aleida desmentiu Paulinha e ainda a esculachou, vamos conferir o episódio no vídeo abaixo:

Não se sabe ainda por que, mas no início da semana, a cantora resolveu postar em sua rede social o término de seu relacionamento com o dentista Henrique do Valle, e numa nota um tanto vaga, disse que eles apenas seguiriam caminhos diferentes. Mas a falta da verdade fez a notícia se tornar mais uma polêmica envolvendo a cantora, e não demorou muito para a verdade vir à tona. O jornalista Leo Dias foi o primeiro a dar o furo de reportagem, e escancarou para quem quisesse ouvir, que Paula Fernandes, na verdade, foi traída, e, segundo ele, o nome do ‘affair’ do dentista se chama Simone. Ela seria da Bahia, trabalha no ramo de eventos e também é bailarina, eles já estariam juntos há 3 meses, e Paula Fernandes descobriu a traição ‘fuçando’ o celular do namorado.

Publicidade

A assessoria da cantora nega, mas o fato é que a notícia vazou, e onde há fumaça, com toda certeza, há fogo! #Henrique do Vale