Lionel #messi é hoje um dos maiores nomes do #Futebol. Depois de fazer um bom jogo pela seleção da Argentina, que não está em uma das suas melhores fases, o atleta decidiu defender os companheiros. De acordo com informações da revista Veja, em reportagem publicada nesta terça-feira, 15, o futebolista defendeu o atacante Ezequiel Lavezzi, acusado de ter fumado maconha na concentração da equipe. A acusação foi feita através da internet por um jornalista local, que questionou se Lavezzi ficaria no banco por ter usado maconha, evitando assim cair no exame anti-doping.

Messi então declarou guerra à imprensa. Ao lado dos colegas, todos com cara sérias, ele disse que a partir daquele momento, não falaria mais com os jornalistas. Lionel chamou a atitude dos repórteres de falta de respeito, além de violação da intimidade.

Publicidade
Publicidade

Além de dizer que tal fato seria uma mentira, o jogador fez questão de esclarecer que todos tem direito à uma vida privada e que a imprensa argentina teria passado de todos os limites. Evitando que acusações piores fossem feitas, ele alegou que cortaria o mal pela raiz. O argentino disse que sabia que existem profissionais da mídia que trabalham com seriedade, mas que isso, infelizmente, não estaria mais se registrando graças ao mau desempenho do time.

O homem que ganhou títulos de melhor do mundo da Fifa, ainda solicitou que apenas o futebol do grupo fosse questionado. "A acusação ao Pocho (Lavezzi) é muito grave e se não falamos nada vão acreditar que é assim.”, revelou o atleta bem irritado. O jogador que é acusado de usar a maconha diz que vai processar o jornalista que teria inventado toda a história.

Publicidade

Além disso, ele informa que não vai ficar barato. Já o repórter que virou a notícia do dia diz que não se preocupa com um processo, já que teria provas de que o jogador realmente utilizou drogas. Caso necessário, ele disse que publicaria o material.

"El capitán Lionel, en nombre del equipo, comunica que los jugadores no hablarán más con la prensa", disse o perfil oficial da seleção argentina no Twitter.