A vida amorosa do jogador da seleção brasileira de futebol e do Barcelona, na Espanha, #Neymar, é realmente bastante complicada. Namorando (mesmo que não oficialmente) a atriz da Rede Globo de Televisão Bruna Marquezine, ele arrumou uma confusão com sua ex-companheira, Carol Dantas, com quem teve um filho. Os dois convivem por conta da criança e a moça se acha quase que a digníssima esposa dele. De acordo com a jornalista Fabíola Reipert, em reportagem publicada nesta segunda-feira, 07, no entanto, ela perdeu a cabeça dia desses ao ver o pai do seu filho com outra mulher. E olha que a moça bonitona que estava com o jogador não era #Bruna Marquezine.

Publicidade
Publicidade

A confusão, segundo a fofoqueira preferida do R7, aconteceu durante a festa de aniversário do filho do atleta, que está a concorrer ao prêmio de melhor jogador do mundo pela Fifa. Na celebração, também estavam a irmã do famoso, Rafaella (que sonha em virar atriz da Globo), o surfista Gabriel Medina, amigos, além, é claro, de "amigas" do futebolista. Após o bolo da criança, todos eles estiveram  em uma balada e foi lá que Carol fez um tremendo barraco. Tudo aconteceu porque a mãe do filho do jogador o viu com gracejo com uma moça. Para ela, a dita cuja estava muito saidinha e estava dando em cima do ex-integrante do Santos. Carol então evitou que qualquer gol de placa fosse feito. 

Visivelmente transtornada, a moça, que vive com bastante conforto, gritava: "Não se mete com o pai do meu filho".

Publicidade

É o que escreve Fabíola. A colunista adora polemizar e já até foi proibida de citar alguns nomes de #Famosos, como de Larissa Manoela, que conseguiu através de uma liminar judicial, atingir a censura desse tipo de atitude da profissional da mídia. 

No barraco relatado por Reipert, ela relata que Carol ficou muito nervosa. Ela estava tão fora se si que quase partiu para as vias de fato. Será que ela ainda tem ciúmes do ex-namorado? Vai saber. O que se diz é que tiveram que separar as duas moças e que Neymar deixou a balada desacompanhado novamente.