Com as redes sociais aproximando cada vez mais a sociedade, se tornou simples acompanhar o cotidiano de qualquer pessoa, especialmente dos famosos. Por essa razão, os membros de um dos fã-clubes da jornalista e ex-participante do Big Brother Brasil, Ana Paula Renault, souberam exatamente como surpreendê-la em seu aniversário de 35 anos, comemorado no último dia 22. Em vez de enviar os presentes para a sua caixa postal, eles optaram por redirecionar as encomendas para outros destinatários: crianças carentes que deixam suas cartinhas de Natal em agências dos Correios de todas as regiões brasileiras.

Quem segue Ana Paula nas redes sociais sabe que, além de administrar cada uma pessoalmente, ela sempre pede aos fãs para não gastarem dinheiro com presentes.

Publicidade
Publicidade

Foi para atender a esse pedido que o fandom Condomínio Renault pensou na ação #PapaiNoelDaAnaPaula, que será aliada à campanha Papai Noel dos Correios. O anúncio foi feito em um vídeo bem-humorado que circulou no Twitter, com opções de presentes bem extravagantes para a aniversariante. Quando soube da surpresa, ela mandou um recado apoiando a iniciativa. Confira:

No vídeo, o fandom explica que os membros já estão adotando as cartinhas e convida os outros fã-clubes do país a fazerem parte da ação. A mineira também deu sua contribuição, divulgando a campanha na tarde deste domingo (28), durante uma transmissão ao vivo que fez em sua página oficial no Facebook para agradecer todas as cartas e pequenos mimos que recebeu dos admiradores.

Publicidade

Ela pediu ainda que os fãs postem fotos dos presentes utilizando a hashtag, como forma de mostrar os resultados da ação.

Assista ao vídeo:

Papai Noel dos Correios

Todos os anos, crianças menores de 10 anos que frequentam escolas da rede pública ou instituições parceiras dos Correios, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos, são convidadas a escrever cartinhas para o Papai Noel, contando qual presente gostariam de ganhar no Natal. As cartinhas são espalhadas em várias agências do país e podem ser apadrinhadas por qualquer pessoa. Cada um pode adotar uma ou mais cartinhas, e deve atender os pedidos da criança que escreveu.

Para os adultos, a solidariedade é a grande recompensa da ação, mas as crianças terão outros benefícios, além do presente. Fazendo a redação manuscrita das cartinhas, elas aprendem mais sobre o português em sala de aula e também sobre endereçamento, uso do CEP e do selo postal, além de resgatarem o prazer de escrever.

Os interessados em participar da campanha, realizada há mais de 25 anos, devem consultar, no portal dos Correios, os prazos e quais agências disponibilizam cartinhas e recebem presentes em cada região.

Publicidade

Cumprindo a determinação do Ministério Público, os padrinhos e madrinhas não poderão conhecer a criança apadrinhada. #Entretenimento