O "Hora 1" tem feito tanto sucesso na Globo, que a emissora já está preparando uma versão para a TV paga. Mesmo indo ao ar às 5 horas da manhã, a atração é sucesso absoluto na emissora, o que fez a Globonews planejar o lançamento de um telejornal com esse estilo, só que indo ao ar de 6 às 7 horas e tendo como âncora Aline Midlej, que trabalhou na Band por um bom tempo e foi contratada no último mês de agosto, já para integrar a nova aposta da emissora.

A intenção da Globonews é a mesma, ter um telejornal com as primeiras notícias do dia, oferecendo ainda, prestação de serviço que chame a atenção do telespectador nesse horário, que gosta de acompanhar as imagens do trânsito nas principais cidades brasileiras, assim como Monalisa Perrone faz sempre no "Hora 1".

Publicidade
Publicidade

A Globonews tem motivo de sobra para querer investir em um telejornal tão cedo, basta conferir a audiência do "Hora 1" na Globo, um jornal que a princípio trouxe mais dúvidas do que certezas, pois a emissora só queria barrar as concorrentes que já vinham apostando nesse tipo de programação para as primeiras horas do dia. Demorou muito pouco para que Monalisa Perrone encontrasse o caminho para alavancar a audiência, tornando o telejornal uma referência na TV.

A Globonews tem tomado todo cuidado possível para seu novo noticiário, fazendo de tudo para não vazar nada até que o telejornal entre em sua programação, não só para surpreender o público, mas também para evitar que a concorrência copie algo antes da estreia. Apesar de seguir os moldes do "Hora 1", a intenção é trazer algumas novidades e pelo horário que vai ser mostrado, ser quase que uma continuação.

Publicidade

É que o telespectador após ver as notícias com Monalisa Perrone, poderá mudar de canal e, sintonizado na Globonews, continuar acompanhando as primeiras notícias do dia e também continuar vendo imagens ao vivo do trânsito e outros serviços que interessem ao público desse horário.

A princípio, a Globonews precisará contar com o "Bom Dia São Paulo", inclusive irá usar alguns de seus repórteres, o que já indica que o telespectador vai contar com um número de notícias muito maior da maior cidade do país, mas aos poucos a emissora paga pretende adquirir uma infraestrutura própria e garantir uma maior cobertura no país. #Globo #Televisão #Rede Globo