Sílvio Santos recebeu, em seu programa, um grupo de artistas (Paulo Terra, seu irmão Pedro Terra e Edy HP) que grafitou seu rosto em um painel de 8 metros de altura e mais de 27 metros de comprimento, na Avenida 23 de Maio, na Zona Sul de São Paulo. O famoso apresentador e empresário, conhecido entre outras coisas pela pergunta “Quem quer dinheiro?” e por lançar aviõezinhos feitos de notas na direção de sua plateia, surpreendeu-os com um presente em dinheiro para o grupo, dois mil reais, explicando que “isso não é um pagamento, pois eu sei que um trabalho como esse não tem pagamento. Eu agradeço muito a gentileza de terem vindo”, e acrescentou: “Eu já mandei filmar, e tem uma galeria aqui dentro com uma porção de coisas que foram ofertadas para mim, que é o Hall da Fama.

Publicidade
Publicidade

E eu vou colocar esse filme lá". As imagens do encontro serão exibidas neste domingo, dia 20 de novembro, na emissora do “Patrão”, o SBT.

O grupo de grafiteiros, que ficou feliz por poder conhecer pessoalmente o popular apresentador, uma lenda da televisão brasileira, também já fez um mural com os personagens do seriado Chaves, que é o maior do mundo, homenageando a criação do roteirista e ator mexicano Roberto Bolaños, falecido no final de 2014. O seriado é exibido na emissora de Sílvio Santos há mais de três décadas.

Outro destaque do programa é o Jogo dos Pontinhos, no qual Sílvio Santos conversará com Lívia Andrade sobre a foto de topless, tirada em Ibiza, na Espanha.

Não só de encontros, ternos e diversão vive a imagem pública do apresentador. Ele, que já fez várias declarações polêmicas e brincadeiras tidas como grosseiras, recentemente, foi criticado por uma declaração percebida como racista e discriminatória contra os gordos na madrugada de sábado para domingo, no encerramento do programa beneficente Teleton.

Publicidade

Ele disse à bailarina Daiane: “Você é muito graciosa. Embora sendo a única negra entre as brancas, é bonita. É bonita de verdade.” Depois acresentou: “Quem casar contigo vai ter dois prazeres. Um na hora do bem bom e outro na hora em que você sai de cima (a bailarina tem 120 quilos).” #Polêmica #Famosos #Silvio Santos