Várias celebridades ficaram bem tristes com a vitória de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos e derrota de Hillary Clinton. Muitas delas apoiavam abertamente Hillary. Katy Perry era uma de suas maiores apoiadoras. Ela sempre deixou sua posição muita clara, subindo algumas vezes em palanques e fazendo shows em comícios da democrata. #Lady Gaga também sempre usou suas redes sociais para conscientizar seus fãs e conseguir mais votos para a democrata. Após ela perder as eleições há cerca de 10 dias, várias celebridades ficaram deprimidas. Mas isso serviu para deixar Katy e Lady Gaga mais próximas.

O que deveria ter sido uma grande celebração e comemoração da vitória de Hillary ganhou um tom bem mais triste.

Publicidade
Publicidade

#Katy Perry e Lady Gaga estavam no Javits Center, em Nova York, com centenas de apoiadores da democrata quando a chocante notícia de Trump foi divulgada.

Leia também: amigas de Katy Perry falam mal de Taylor Swift; saiba mais

As duas cantoras pop foram fotografadas em um momento em que uma consolava a outra. A foto foi tirada por Derek Blasberg, amigo das duas. Ele postou a foto íntima em seu Instagram e colocou na legenda: "Eu tirei essa foto de @katyperry e @ladygaga ontem à noite no Javits Center, onde todos foram para celebrar nossa primeira presidente mulher. Foi tirada quando os votos da Pennsylvania foram contados, e parecia ter acabado as esperanças de vez". Na imagem, Gaga aparece segurando o ombro de Katy, que está olhando para trás. De acordo com o site Hollywood Life, desde então as duas estão se apoiando uma na outra.

Publicidade

Fãs em comum das duas cantoras já podem começar a sonhar com uma colaboração.

A vitória de Trump aconteceu no dia 8 de novembro de 2016. No início da manhã do dia 9 de novembro Gaga usou sua conta pessoal no Twitter para dar uma mensagem pós-resultado. Ela mudou o seu nome para "#CountryOfKindness", ou "País da gentileza", em tradução livre. Ela também tuitou: "Stand up for kindness, equality and love" ("Lutem por gentileza, igualdade e amor").

Perry postou uma série de mensagens em seu Twitter, como "a revolução está chegando", "poder para as pessoas", "não fique sentado" e "não somos uma nação que vai deixar o ódio nos guiar".