O apresentador Luciano Huck está em maus lençóis. De acordo com uma matéria publicada nesta terça-feira, 01, pela jornalista Fabíola Reipert, do R7, ele teria mentido sobre algumas informações a respeito do cantor sertanejo Mariano, que participou do quadro 'Saltibum', no qual os famosos pulam de alturas de dar medo em uma piscina e são avaliados por suas manobras. O marido de Angélica teria dito que a queda que fez o famoso se machucar foi de apenas um metro, mas se descobriu depois que foram três. Essa altura é bastante grande e capaz de provocar grandes lesões, como o que aconteceu com Mariano, que rompeu um sisto no cérebro. 

O profissional da música está sem sorte. Ele ficou quatro dias em uma UTI do hospital 'Barra D'Or', localizado na Barra da Tijuca, levou dez pontos na cabeça e ainda foi vítima de um golpe.

Publicidade
Publicidade

Um falso médico ligou para o empresário do artista, após uma pessoa da produção do 'Caldeirão' passar o telefone dele. O médico explicou que o cantor estava com um problema que o plano de saúde da Globo não cobria e que a medicação seria de R$ 10 mil. Como tudo estava acontecendo de maneira urgente e esse dinheiro não é tão grande para uma personalidade da #Música, especialmente quando a vida dessa está em jogo, o empresário pagou tudo sem pestanejar. 

A questão é que o tal problema apontado nunca existiu. Mariano foi vítima de um golpe. Agora Luciano Huck, que é conhecido por posar de bom moço, tenta corrigir sua imagem. Mesmo não tendo culpa direta no inferno astral do seu convidado, ele estaria tentando convencer a Globo a devolver a quantia que o empresário pagou ao falso médico. Caso a emissora não pague, o apresentador deve tirar dinheiro do próprio bolso e se ver livre dessa acusação.

Publicidade

Aliás, o 'Saltibum' pode estar com os dias contados na Globo.

A atração está mostrando que pode machucar muita gente. Acidentes acontecem, mas quando se envolve água e altura, as coisas podem ficar pior. Até mesmo atletas as vezes acabam se ferindo. Mariano teve sorte, após toda a maré de azar.