Fazer sucesso tem lá os seus problemas. A apresentadora Maria da Graça #Xuxa Meneghel, por exemplo, foi alvo durante anos de um suposto pacto com o coisa ruim. A 'Folha Universal', da Igreja Universal do Reino de Deus, chegou a publicar uma matéria em que afirmava que houve a tal relação com o 'Demo', mas acabou processada, sendo obrigada a pagar uma multa milionária. Sinais que a loira faz com a mão sempre foram alvo das especulações, mas eles, na verdade, apenas eram mensagens na língua dos sinais. Aliás, a comunicadora é responsável por ensinar o alfabeto em libras para boa parte dos brasileiros.

Assim como Xuxa, a filha dela, #sasha, hoje com dezoito anos, passou pelo mesmo.

Publicidade
Publicidade

Ela tem três tatuagens e imagens delas, desfocadas ou fora de contexto ganharam tons macabros. No entanto, em entrevista à jornalista Lilian Pacce, ela contou como está sendo morar em uma das cidades mais movimentadas do planeta, Nova York, nos Estados Unidos. Ela também contou o porque fez as tatuagens e o que cada uma dela significaria. Segundo Sasha, que alega sentir muita saudade do Brasil, andar nas ruas de outro país é bem mais fácil e a sensação de segurança é bem maior. Dividindo um apartamento, ela está na cidade para fazer uma faculdade de moda em uma das mais renomadas instituições internacionais.

A filha de Xuxa, que causou no Instagram, lembrou que sua primeira tatuagem foi um símbolo religioso, uma cruz. Ela está nas costas da loira e faz companhia a outras duas marcas feitas com o uso das tintas que impregnam na pele.

Publicidade

Apesar de ser religiosa, a garota admite que não é de frequentar igreja, mas sim de acreditar muito em Deus, no todo poderoso. Ela garante que leva esses ensinamentos na sua vida e que isso a ajuda a ter mais força em seu dia a dia.

"A segunda que eu fiz é bem pequenininha, do meu signo, o símbolo e não um leão em si", disse ela, que contou que essa era uma das marcas que ela sempre quis deixar no corpo. A terceira tatuagem fica no tornozelo. O desenho foi feito junto com a amiga Luma Antunes, que divide com ela o apartamento em Nova York, uma espécie de flecha.