Recentemente, o Brasil ficou chocado com um episódio de racismo envolvendo uma filha de famosos. Titi tem apenas três anos e foi adotada na África. Ela está agora com o casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank. A maldade contra Titi acabou sendo descoberta. Após seu pai Bruno ir na delegacia, os suspeitos que fizeram tais barbaridades começam a ser achados pela polícia. É o que informa a jornalista Keila Jimenez, do portal de notícias R7, em matéria publicada nesta sexta-feira, 25. De acordo com ela, tudo agora deve acabar em prisão. Antes disso, entretanto, o público tem mostrado o seu carinho e que é contra todo e qualquer preconceito. Alguns desenhos fofos da menina e mensagens estão se espalhando, bem mais do que o ódio, provando que o amor sempre vence.

Publicidade
Publicidade

Um internauta, que depois da denúncia excluiu seu perfil no Instagram, disse que Titi não combinava com Bruno e Giovanna porque eles eram loiros e ela negra. Em seguida, essa pessoa racista disse que lugar de preto era na África. O hacker teria sido o mesmo que postou mensagens ofensivas na página da cantora Gabi Amarantos, que também fez questão de dar uma queixa à polícia. Gagliasso não apenas usou a fama para falar sobre a gravidade dessa temática. Ele agora, como cidadão, está a pressionar que os culpados sejam encontrados. Fontes de Keila Jimenez garantem que essa prisão deve acontecer mais rápido do que muita gente imagina.

Acontece que os criminosos tiveram seu sigilo telefônico quebrado, o que deve indicar onde eles estão. Há também a possibilidade de uma única pessoa estar realizando a ação.

Publicidade

A detenção pode ocorrer nos próximos dias. A quebra de sigilo já indicaria até onde eles estariam, mas a polícia esperaria um flagrante e ter mais que certeza absoluta que está a prender a pessoa certa. Avalia-se que essa gente faça isso para aparecer, já que os crimes se refletem em celebridades, ganhando destaque nacional. O autor do ataque racista pode pegar pena de um a quatro anos de prisão. Para você, eles merecem tudo isso? Comente! #Crime #Investigação Criminal