Emerson Andrade, promotor de justiça de Sergipe, denunciou Dilmas Roque como tendo sido determinante para a morte trágica de #Domingos Montagner. Tal como informa o site “Na telinha”, o magistrado acredita que o secretário de Turismo foi o principal responsável para que a sinalização obrigatória no local onde o ator morreu não estivesse presente, evitando muito provavelmente a enorme #Tragédia que abalou o Brasil. Depois das autoridades terem garantido que ninguém iria ser responsabilizado pela morte do ator, essa reviravolta chocante de Emerson Andrade pode fazer com que Dilmas Roque seja obrigado a se defender.

Tragédia poderia ter sido evitada

Desde os primeiros dias após a morte de Domingos Montagner que as autoridades e moradores locais garantem que aquela zona, apesar de ser um perigo iminente para qualquer um que nade lá, não tinha os avisos obrigatórios para evitar que um afogamento acontecesse.

Publicidade
Publicidade

Contudo, se o mais provável é que a prefeitura local teria de indenizar a família do ator da Globo, a verdade é que a investigação concluiu que ninguém seria responsável.

Reviravolta inesperada

Porém, em uma reviravolta que promete ainda acrescentar mais detalhes arrepiantes ao episódio traumático do último mês de setembro, Emerson Andrade denunciou aquele que considera que teria o “dever legal de agir”, Dilmas Roque. Como garante o site “Na Telinha”, o magistrado considera que o secretário “criou o risco da ocorrência do resultado ao liberar a área para banho”, revelando que essa falta de cuidado acabou por determinar a morte de Domingos Montagner, bem como fazendo com que #Camila Pitanga corresse risco de vida.

Emerson Andrade, por isso mesmo, considera que toda essa enorme tragédia não foi somente um acidente, denunciando o autor que, depois dessa denúncia, pode ter que responder às autoridades como suspeito de um caso que tinha sido dado como resolvido há pouco mais de uma semana pelas autoridades que, após entrevistarem um número elevado de pessoas, tinha fechado todo o processo.

Publicidade