É explicito como Daryl está sendo atormentado e como ele está sofrendo por tudo que aconteceu e pelo o que está vivendo, mas Norman Reedus, em uma recente entrevista à AMC, revelou algumas coisas sobre o terceiro episódio da sétima temporada de #The Walking Dead. Ele explicou que Daryl tem as motivações muito diferentes das que todos nós pensamos. Depois de tudo que ele viveu sobre a morte de Glenn, ele está aguentando toda essa situação por outra pessoa. Veja um trecho da entrevista:

"Não posso desistir, pelo Glenn pois ele jamais abandonou quem era. Glenn era uma boa pessoa, otimista na maior parte do tempo. Talvez se Daryl falasse que ele era #Negan, teria desperdiçado tudo o que Glenn foi".

"Até se o Daryl morresse por ainda afirmar que era o Daryl, ele não poderia fracassar, tudo isso pelo Glenn e por sua memória. Não iria deixar tudo isso para trás de uma hora pra outra. Daryl não está resistindo por ele próprio, porém também pelo Glenn"

Negan deixou Dwight responsável em abalar a estrutura emocional de Daryl, e os dois estão se esforçando para conseguir.

Publicidade
Publicidade

A real intenção de Negan é transformar Daryl em um Salvador, visto que ele já conseguiu destruir a confiança de Rick, o que na verdade não se acovardou, ele entendeu que se não cedesse ele com certeza faria mal a mais algum integrante do grupo, que naquele momento o mais suscetível a isso era Carl.

O final do episódio foi estarrecedor, momento esse que Daryl via a foto do corpo do seu amigo Glenn, parece que vivíamos novamente junto com o personagem o momento em que Negan atingia a Glenn com a sua “Lucille”. Porém esse momento foi usado por Daryl para motivá-lo mais ainda em vez de enfraquece-lo.

Glenn e Daryl tinham um ótimo relacionamento, eram verdadeiros amigos, as últimas cenas de Glenn foram justamente as que ele havia saído de Alexandria em busca do amigo, que tentava encontrar Dwight, em busca de vingança pela morte de Denise.

Publicidade

É questão de honra para Daryl seguir em frente honrando o que Glenn representava, não só pra ele, mas pra todo o grupo. #Daryl Dixon