Neste domingo, 06, o humorista Maurício Manfrini, que integra o elenco de 'A Praça é Nossa' participou durante mais de uma hora de uma merecida homenagem exibida dentro do programa 'Eliana', do #SBT. A atração da loira fez um verdadeiro 'Arquivo Confidencial' com o comediante, cujo personagem principal é 'Paulinho Gogó'. Maurício disse que teve uma infância muito difícil. Morador da cidade de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, no estado do Rio de Janeiro, ele via o esforço do pai para fazer ele e os irmãos sobreviverem. Certa vez, lembra ela, o pai ficou muito doente. Maurício acabou pegando a gripe do pai e nenhum dos dois conseguia sair de casa. 

Na doença, sem poderem sair de casa, ambos, mais os irmãos, apenas comeram angu durante todos os períodos do dia.

Publicidade
Publicidade

Isso aconteceu várias vezes, já que a família não tinha condição de comprar algo melhor. A luz da residência onde eles moravam acabou sendo cortada e eles viveram com velas. "O teto chegou a ficar preto, por conta das velas. Hoje, graças a Deus, eu me estabeleci financeiramente. No entanto, caso meu padrão de vida caia, eu sei muito bem lidar com isso. Essa é a parte boa, eu já cai muito, então consigo me levantar", contou o 'Paulinho Gogó', que para o próprio Carlos Alberto de Nóbrega é hoje o personagem mais lembrado de 'A Praça é Nossa'.

Carlos disse que depois de 'A Velha Surda', Paulinho é quem acabou virando a marca do seu humorístico. "Ele tem uma afinidade muito grande. Todas as vezes ele agradece pela oportunidade. Isso levanta uma enorme moral", contou Nóbrega mostrando grande emoção.

Publicidade

Antes de ser muito famoso, Maurício teve dificuldades para viver a carreira. Ele chegou a morar em um teatro, pois não tinha dinheiro para ir e voltar do local para casa. Sem comida, ele chegou a roubar pão doce e mate. Quando possuía alguma grana, vivia de pão e água. 

Um dos professores de Paulinho Gogó lembrou que muitos atores passaram a penúria durante anos, mas que para se estabelecer na profissão era necessário esperar.  #Famosos