A vida não está nada fácil para o funkeiro Nego do Borel. Ele está enfrentando um grande drama em #Família, desde que os pais se separaram e a mãe passou a se relacionar com um motoboy, bem mais jovem que ela. Borel, de 24 anos, pode até estar numa ótima fase na carreira profissional, fazendo sucesso em "Malhação", como Lenon Maycon, e um dos finalistas na "Dança dos Famosos", mas, em casa, as coisas não estão nada bem. Com o fim do casamento, o pai de Borel, que na verdade é seu pai de criação, deixou a mansão onde moram no Recreio, Rio, e voltou para o Morro do Borel.

Nego do Borel não aceita ver sua mãe namorando um cara mais novo, enquanto seu pai que o criou desde os 7 anos de idade, voltou a trabalhar nas ruas do Rio, atrás do Shopping Tijuca, como flanelinha.

Publicidade
Publicidade

O cantor não se conforma com a saída do pai de criação de casa e luta para convencer dona Roseli a deixá-lo voltar. Quando seu Robson e dona Roseli se casaram, ele era apenas uma criança, mas sempre gostou do padrasto e quando a fama chegou passou a cuidar de seus negócios. Hoje Nego toma conta de tudo pessoalmente.

Fazendo um enorme sucesso na "Dança dos Famosos", o artista engatou um romance com uma das bailarinas do Faustão e decidiu terminar o noivado com Crislaine Gonçalves. Além de todos esses dramas pelos quais está passando, Borel ainda luta para quitar as dívidas da mansão que comprou por R$ 2 milhões, onde mora com a família, além de tentar vender sua casa de Curicica, por R$ 1,5 milhão.

Por causa das dívidas, ele teve que vender a BMW de R$ 300 mil e ficou com o carro da mãe e, mesmo faturando um cachê de R$ 80 mil por show, um salário de R$ 15 mil na Globo e R$ 12 mil na Dança, as coisas ainda não conseguiram se equilibrar para caricato Nego do Borel. A família não quis falar sobre o assunto quando foi procurada pelo Extra.

Publicidade

Segundo assessoria do cantor, não existe crise financeira de espécie alguma e confirmou que ele e o pai de criação sempre foram muito ligados, mas a separação não o abalou a ponto de tornar-se um drama. #Funk #Música