Você que possui mais de 25 anos, provavelmente, deve se lembrar da dupla de humoristas: ET e Rodolfo. A dupla, realmente, fez um estrondoso sucesso na mídia no final da década de 90 e início dos 2000. A dupla se desfez em 2001 e, infelizmente, no ano de 2010, ET (Cláudio Chirinian) veio a falecer vítima de parada cardíaca. Rodolfo Carlos Almeida, por sua vez, está, atualmente, com 45 anos e há mais de um ano está desempregado, doente e passando por sérias dificuldades financeiras, mas está prestes a se tornar milionário. Isso mesmo, o jornalista e comediante Rodolfo, em breve, ficará milionário, pois venceu na #Justiça um processo trabalhista contra a emissora que trabalhava, o SBT.

Publicidade
Publicidade

A ação trabalhista contra a emissora de Silvio Santos foi aberta em 2009. E, de lá para cá, foram idas e vindas a audiências na Justiça, até que o martelo fosse batido, em abril desse ano. A decisão decretou que Rodolfo tinha direito a uma série de indenizações como: férias, 13º salário, aviso prévio e Fundo de Garantia (FGTS). As indenizações foram ocasionadas, depois da comprovação de que Rodolfo foi prejudicado em seus direitos trabalhistas, após ter seu salário diminuído de R$ 34 mil, no ano 2000, a R$ 5 mil, em 2009.

Segundo o advogado de Rodolfo, Ronaldo Sposaro Júnior, a sentença dada em abril desse ano agora é definitiva, pois o #SBT entrou com recurso fora do prazo estabelecido pela Justiça e, por esse motivo, não terá mais direito de apelar na causa.

Vida particular

Após sua saída do SBT, em 2009, Rodolfo não conseguiu mais se firmar na TV.

Publicidade

Ele ficou apenas três meses no programa da jornalista Sonia Abrão, na Rede TV. No ano passado, Augusto Liberato (Gugu) tentou fazer uma experiência em seu programa na Record, Rodolfo voltou a fazer o quadro em que acordava os famosos, mas o sucesso da década anterior não se repetiu.

Depressivo e sofrendo com o câncer do pai, Rodolfo vive em São Paulo. Sem mulher e filhos, o comediante aguarda ansiosamente a indenização milionária cair em sua conta bancária. #Televisão