O apresentador #Luciano Huck é um dos nomes mais conhecidos da televisão brasileira. Apresentando aos sábados o 'Caldeirão', o marido de Angélica recebe um bom salário na Rede Globo de Televisão. Especula-se que somente do canal, ele tenha salário de R$ 1 milhão ou mais todos os meses. No entanto, o faturamento com todos os negócios do comunicador chegaria a R$ 3 milhões. Fruto de muito talento e trabalho. Nesta quarta-feira, 02, no entanto, um "tantinho" de inveja bateu em milhares de pessoas. Isso porque uma suposta fatura do cartão de crédito do global começou a circular nas redes sociais. 

O Twitter foi o principal meio de divulgação da suposta conta, que é endereçada a um condomínio da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O nome do cliente que tem que pagar o valor é o de Luciano Huck. É muito provável que a imagem seja uma montagem.

Publicidade
Publicidade

A começar pelo fato de Huck aceitar receber um valor tão alto via papel a ser pago. O banco mencionado na imagem possui a possibilidade de fatura online, tornando tudo mais seguro e sem risco do papel cair nas mãos de terceiros. O segundo erro é que os bancos não usam nomes artísticos para cobrarem seus clientes. O nome verdadeiro do marido de Angélica é Luciano Grostein Huck. Esse sobrenome do meio não aparece na suposta fatura. 

Para terminar, chama atenção o dinheiro gasto apenas com passagens aéreas. Algumas pagas no mesmo dia tem valores diferentes, além de exorbitantes. A fatura mostra quanto teria sido gasto no mês de setembro, R$ 281 mil. No mês anterior, Huck teria gasto muito mais, R$ 500 mil. Os valores altos assustaram e chocaram muitas pessoas. Afinal, o que teria ocorrido. 

Mesmo com a grande possibilidade do papel que parou na internet ser irreal,  esses gastos são bem prováveis na vida do comunicador.

Publicidade

Afinal, quem ganha R$ 3 milhões e gasta menos de R$ 300 mil é muito econômico, na verdade. O resto deve ficar investido nos negócios da celebridade. 

Veja abaixo uma das publicações que mostra a suposta fatura do cartão de crédito de Luciano Huck:

#Famosos