Fãs da história e da cultura nórdica aguardam ansiosos o dia 30, data marcada para o retorno de uma das séries de televisão que mais ganham adeptos, não só no Brasil, mas em todo o mundo. Ambientada em um passado distante onde as batalhas, invasões e pilhagens eram comuns, a série se baseia em um dos principais líderes da mitologia nórdica, sua ascensão, conquistas e a luta para manter e expandir seu império.

#vikings está em sua quarta temporada, que foi dividida em duas partes, sendo que a primeira foi exibida entre fevereiro e abril desse ano. Os dez capítulos que completam a temporada começam a ser exibidos no final do mês, e já há a garantia de uma nova temporada, prevista para 2017.

Publicidade
Publicidade

Especula-se que a interrupção foi proposital, para não coincidir com a temporada de Game of Thrones.

Produzida pelo Canal History, a produção de destaca pela qualidade e pelas locações, além de caracterizar os personagens de maneira plural, deixando de lado o estereótipo dos bárbaros sanguinários que destruíam e pilhavam tudo que encontravam pela frente. As sequencias de lutas e batalhas são um dos pontos altos da série, que é transmitida pelo canal Fox Action, sendo que as temporadas anteriores estão disponíveis na plataforma de streaming Netflix.

Misticismo e choque cultural

Embora pouco conhecida dos brasileiros, a mitologia nórdica é muito rica em personagens que desbravaram novas terras e expandiram fronteiras, além de do seu caráter místico, junção que justifica o interesse do público.

Publicidade

Embora haja divergências sobre a fidelidade histórica do roteiro, Vikings se notabiliza pelo esmero na produção e pelas cenas explícitas de violência, além de acentuar as crenças religiosas e os costumes peculiares dessa civilização.

Outro aspecto importante da série é retratar o choque cultural entre esse povo, até então considerado bárbaro, com o mundo ocidental, já mais pretensamente civilizado e sob a forte influência da Igreja. Isolados em uma terra congelada e infértil, a busca por novas terras e a exploração da navegação se tornam fundamentais para sua sobrevivência, e ao se deparar com a civilização ocidental, o choque e o confronto são inevitáveis. #vikings4 #serie vkikings