No último episódio desse ano de #The Walking Dead, Daryl matou um dos Salvadores logo que recebeu a chave e um bilhete mandando ele fugir. Todo o sofrimento que ele passou na mão deles teve um preço, a vida de #Fat Joey. Mas, ao que tudo indica, Daryl não deveria tê-lo matado.

Certo que todos nós ficamos muitos felizes em ver que Daryl ia finalmente conseguir fugir dos mandos e desmandos de Negan, caso ele o deixasse vivo, com certeza, Fat Joey avisaria a outros Salvadores e estes iriam atrás de Daryl e, consequentemente, isso não teria um bom final. Matar Fat Joey era a melhor saída para ele, mas mal sabe Daryl o quanto isso ainda pode lhe custar.

Publicidade
Publicidade

Tudo isso tem fundamento através de conversas paralelas aparentemente não tão importantes reveladas durante o 7º episódio da 7ª temporada.

Vejam as conversas:

1 - Sobre uma horda de Zumbis

Enquanto Carl e Jesus estavam escondidos dentro do caminhão com o intuito de descobrir onde ficava a comunidade do Negan o condutor parou o caminhão e ficou junto com outros Salvadores a observar alguns zumbis que estavam na estrada. Conversando entre si, um deles relata que havia uma horda de zumbis sendo realocada para longe das comunidades a quem eles protegem, em troca de mantimentos. Esse deslocamento era feito através de explosivos armados justamente por Fat Joey.

2 – Problema com o redirecionamento da horda

Essa conversa aconteceu logo quando Jesus pulou do caminhão e Carl ficou. Carl preparava a arma pra atirar em todos quando Fat Joey diz a Negan que teve problemas no último redirecionamento e que ele estava tentando ajustar as coisas.

Publicidade

3 – De quem foi a culpa pela falha no redirecionamento

A última conversa foi entre Negan e Sherry, eles falavam sobre Mark, o que foi queimado com o ferro. Ele foi castigado por não ter feito o seu trabalho que era redirecionar a horda e por isso o trabalho falhou.

O que parece é que tem uma horda de zumbis na direção deles, e com Fat Joey morto isso pode se tornar mais que um problema, e não só para Rick mas para os próprios Salvadores e as outras comunidades. #Daryl Dixon