Desde que lançou a música 'Bang', em que aparece vestida de diabinha, a cantora Anitta é alvo de especulações sem sentido. Uma delas chegou a dizer que ela teria um pacto com o coisa ruim. Mesmo sem nenhum tipo de evidência, o boato ganhou grande proporção na web, assim como uma suposta previsão do #Vidente Juscelino da Luz, que teria visto que a cantora vai morrer. O paranormal fez questão de negar que tivesse previsto esse triste fim para a funkeira, que vive um dos grandes momentos de sua carreira. Mas afinal, qual é a previsão para #Anitta no ano que vem? Em um programa de televisão, a sensitiva Márcia Fernandes respondeu à essa pergunta.

Publicidade
Publicidade

Em entrevista ao 'Sensacional', apresentado por Daniela Albuquerque, na RedeTV!, Márcia disse que Anitta não tem nenhum previsão de morte, tranquilizando os fãs da cantora. Pelo contrário, ela se apaixonaria muitas vezes, mas que se envolveria com muitos homens errados. De acordo com a vidente, a carioca se envolveria nove vezes com rapazes que não deveriam trilhar seu caminho, até que encontraria o pai de sua filha. A sensitiva garante que a artista ficará grávida daqui a alguns anos e que o bebê aparecerá justamente na melhor fase musical de Anitta, quando os holofotes internacionais estiveram já acompanhando sua carreira.

No entanto, nem tudo são flores, a mulher que costuma fazer previsões no programa 'A Tarde é Sua', protagonizada por Sônia Abrão, garante que a funkeira tem um carma com seu pai e que ela precisa dar atenção a ele, mais que o normal.

Publicidade

Do contrário, Anitta teria um arrependimento no futuro e isso seria muito ruim de ser levado durante a vida. A carioca, no passado, chegou a brincar com previsões que fazem sobre a vida dela, dizendo que está muito bem.

Além de Anitta, Márcia falou sobre o ex-casal William Bonner e Fátima Bernardes, falando que os dois não voltaram a se relacionar como casal, mas que virariam grandes amigos. Recentemente, Bonner foi ver uma apresentação de dança da ex-mulher e da filha em um teatro da Uerj, no Rio de Janeiro.