Um dos programas mais tradicionais do #SBT está chegando ao fim. Segundo o colunista Flávio Ricco, do UOL, o "Domingo Legal" será extinto para que Celso Portiolli possa assumir as tardes de sábado. Também acaba o "Sabadão", outra atração comandada por Celso e que só terá programas inéditos até o fim de dezembro.

O anúncio oficial só será feito na segunda-feira (12/12), mas a direção da emissora já confirmou a informação, após ser consultada nesta quarta. O "Domingo Legal" dará lugar ao "Fantasia", game show que tem estreia prevista após o carnaval de 2017. O outro motivo pelo fim do programa é a queda nos índices de audiência.

Publicidade
Publicidade

No ar desde 17 de janeiro de 1993, o "Domingo Legal" colocou de vez o apresentador Gugu Liberato na briga pela preferência do telespectador nas tardes de domingo. Inicialmente gravado, o programa passou a ser ao vivo no ano seguinte. Com o aumento da audiência, deixou de começar ao meio-dia, iniciando às 16 horas. Assim, passou a concorrer diretamente com o "Domingão do Faustão", da Globo.

A princípio, o "Domingo Legal" era uma versão vespertina do "Viva a Noite", trazendo game show entre artistas, além de levar ao palco as principais atrações musicais do momento. Além das brincadeiras conhecidas como "Mão no Bicho" e "Prova do Desenho", o programa trouxe também a "Banheira do Gugu", na qual homens e mulheres com trajes de banho tentavam ganhar a disputa pegando mais sabonetes. O quadro saiu do ar em 2000, por problemas com a classificação indicativa.

Publicidade

O formato ao vivo fez Gugu Liberato apostar em matérias jornalísticas. Um dos momentos marcantes foi a cobertura da morte da banda Mamonas Assassinas, em 1996, devido a um desastre aéreo. A equipe do "Domingo Legal" contava com o comandante Hamilton em seu helicóptero e a repórter Silvana Kieling.

Em 2003, uma entrevista com falsos integrantes do PCC feita por Wagner Maffezoli causou controvérsia e abalou a credibilidade do "Domingo Legal". O programa chegou a ser suspenso do ar, e a emissora foi punida com uma multa.

Gugu deu então mais espaço aos quadros que tinham o objetivo de emocionar o telespectador. Um deles era o "De Volta para Minha Terra", em que levava famílias de retirantes de volta às suas terras de origem. Outro quadro famoso era o "Construindo um Sonho", que reformava casas de telespectadores.

Em 2009, Gugu deixou o SBT e foi para a Record. O "Domingo Legal" passou a ser comandado por #Celso Portiolli, que manteve alguns quadros do programa. Apresentado no início das tardes, a atração ganhou o reforço do "Passa ou Repassa", um game show entre jovens.

Desde 2015, o "Domingo Legal" ficou reduzido a duas horas de duração por causa da estreia do "Mundo Disney". Para compensar a perda, Celso Portiolli passou a apresentar o programa noturno "Sabadão". Agora, as duas atrações vão deixar o ar para que Celso possa comandar as tardes de sábado no lugar de Raul Gil. A previsão é que o novo programa estreie em março de 2017. #Televisão