Um dos maiores apresentadores da televisão brasileira, Paulo Henrique Amorim, pode acabar perdendo o seu emprego, na TV Record. De acordo com informações do TV Foco, em matéria publicada neste fim de semana, a emissora de Edir Macedo está pensando em uma reformulação geral do 'Domingo Espetacular'. Com isso, depois de passar um ano complicado, muitas vezes se metendo em polêmicas políticas, o dono do bordão "olá, tudo bem?" deve perder o emprego. Ele deve deixar o jornalístico e não há nenhum outro projeto para ele no momento. Outra que deve sair do programa é a jornalista Janine Borba.

Vice-presidente de jornalismo da Record, Douglas Tavolaro, quer dar uma “cara nova” para uma das maiores audiência do domingo.

Publicidade
Publicidade

Não é a primeira vez que especulações a respeito de uma possível demissão de Paulo ganham a mídia. Outros nomes que já trabalham no canal, agora são cotados para assumir a vaga. Um dos mais fortes é o de César Filho. Ele deve deixar o 'Hoje em Dia' e trabalhar um pouco menos. César deixou o SBT dizendo que estava muito cansado, pois acordava de madrugada. No 'Hoje em Dia', ele também precisa acordar muito cedo, além de trabalhar todos os dias. Já em um programa semanal, a carga horária é bem menor.

Outros nomes que, segundo o TV Foco podem substituir o jornalista, são os do apresentador do 'Jornal da Record', Eduardo Ribeiro, além do repórter Vinícius Dônola, que atualmente é um dos repórteres mais conhecidos do canal. Vinícius já até substituiu o comunicador, quando este entrou de férias.

Publicidade

No ano que passou, PHM entrou em várias situações conflitantes ao fazer a defesa da ex-presidente #Dilma Rousseff. Ele tem um blog que entrou na lista negra do novo presidente, Michel Temer, que anunciou que cancelaria os patrocínios dados à publicação. De acordo com Temer, o blog de Paulo e de outros jornalistas apenas serviria para fazer a defesa e propaganda do Partido dos Trabalhadores (#PT), o que pelas regras da publicidade pública pode ser considerado ilegal. Paulo não comenta a possível demissão.