Camila Queiroz este no "Prêmio Extra", realizado na noite desta última terça-feira (29), no Rio de Janeiro e acompanhada do namorado, Klebber Toledo, comentou sobre o acidente aéreo que matou 71 pessoas na Colômbia. A atriz contou que um dia antes da tragedia ela assistiu com Klebber Toledo um filme na Globo que falava justamente sobre um acidente com avião. Ela então contou ao namorado que já viveu uma situação bem parecida e pela manhã, ao acordar, se depara com as notícias da tragédia com a delegação Chapecoense.

A atriz disse que na hora foi como se levasse um soco no estômago, pois ficou 4 meses sem voar, justamente porque ela viveu um momento tenso, dentro de um avião, justamente naquele lugar.

Publicidade
Publicidade

Ainda de acordo com Camila Queiroz, o trauma foi grande, mas ela ainda não procurou por ajuda psicológica, mas sentiu muito medo e nunca imaginou que algum dia fosse se deparar com uma notícia sobre a queda de um avião naquela região.

Camila Queiroz disse ainda que nos dias de hoje, as pessoas vivem de aparências, ficam sonhando com fotos no Instagram, mas espera que essas coisas ruins que estão acontecendo ao menos sirvam para fazer com que as pessoas tenham um novo olhar para o mundo e aprendam a viver mais. A atriz ainda contou que na época em que era apenas uma criança, não contava com toda essa tecnologia à sua disposição, mesmo assim era muito feliz.

As investigações a respeito da queda do avião com a delegação Chapecoense já iniciaram, mas autoridades colombianas adiantaram que o principal motivo para a aeronave ter caído é a falta de combustível.

Publicidade

No local onde os destroços se encontram não há combustível esparramado e tem ainda a gravação que mostra o piloto dizendo para a torre de controle que esse era o problema.

Por enquanto é cedo para afirmar qualquer coisa, mas as investigações preliminares já apontam que essa foi a causa de uma das maiores tragedias. Autoridades brasileiras, bolivianas e colombianas estão empenhadas em determinarem a causa real e punir os culpados. #Tragédia #Chapecoense #Famosos