A rapper Karol Conka é capa da revista Trip deste fim de ano. Ao lado de Maria Ribeiro, ela fez muitas revelações de cunho pessoal. À publicação, ela disse, por exemplo, que teve relacionamentos íntimos com pessoas do mesmo sexo. “Não namorei, mas já fiquei, transei com mulheres", disse a profissional da música, que é considerada uma das grandes revelações da música brasileira neste ano. Na cabeça da artista, segundo ela, o que nunca acabou acontecendo foi a vontade de ter algum relacionamento sério com outra mulher, um namoro de fato. Ela diz que não consegue visualizar isso para sua vida.

Com um corpo mais musculoso, a negra do cabelo rosa ainda garantiu que não usa nenhum tipo de medicamento.

Publicidade
Publicidade

Cada centímetro do seu corpo é genética. Na conversa, ela ainda alegou que desde que é pequena as pessoas ficam questionando para ela se tudo é festa. E ela diz que tenta fazer exatamente isso, a vida uma grande festa, querendo curtir cada momento. Apesar de negar o uso de remédios, Karol Conka revela que fuma maconha e que para ela, a droga, muito sexo e aplausos do público já bastam para fazer com que a felicidade seja a mais plena possível. Representante da periferia paulistana, a artista é figura carimbada em programas como o 'Encontro'. No entanto, sua repercussão não é tão alta como de outros artistas na televisão.

Ano de revelações pessoais

Apenas o clipe 'Tombar', sua música mais conhecida, teve sete milhões de exibições. A cantora, que adora se maquiar, também virou garota propaganda de uma marca famosa de cosméticos.

Publicidade

O ano de 2016 foi repleto de #Famosos que confessaram relações com pessoas do mesmo sexo. O caso que mais repercutiu foi o da jornalista Fernanda Gentil. Seis meses após anunciar a separação do marido, com quem tem um filho, ela assumiu um romance com outra mulher.

Veja abaixo o vídeo com o clipe de maior sucesso da rapper paulistana. Na sua opinião, porque Karol não aparece tanto na mídia como outros cantores? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante para todos nós.