Depois da polêmica sobre a circunferência da cintura de Lily James, no live-action da Disney Cinderela (2015), #Emma Watson, que interpretará Bela no filme A Bela e a Fera, que tem a previsão de lançamento para março de 2017, parece não querer seguir o mesmo caminho de sua colega princesa. Foi assim que Emma, uma notória ativista que é, inclusive, embaixadora da boa vontade da ONU desde 2014, e já admitiu que pretende dar uma pausa em sua carreira para aprender mais sobre o feminismo, virou manchete mais uma vez graças a uma entrevista que Jacqueline Durran, figurinista do filme #A Bela e a Fera, concedeu à revista Entertainment Weekly.

De acordo com Jacqueline, responsável por figurinos em filmes como Desejo e Reparação (2007) e Anna Karenina (2012), Emma quis poder se movimentar no icônico vestido amarelo sem qualquer limitação: "Para Emma, era importante que o vestido fosse leve e tivesse muito movimento.

Publicidade
Publicidade

Na reinterpretação dela, Bela é uma princesa ativa. Emma não queria um vestido com espartilho que a limitasse em qualquer coisa."

Aliás, Jacqueline também conta que há uma anágua de arame por baixo de vestido, mas que que a maior parte dele é "composto de camadas de organza, que dão uma leveza ao visual." Bem do jeito que Emma imaginou! Outra inspiração da atriz foram penas, que estão presentes tanto no adereço em seus cabelos quanto no corpete de seu vestido.

Já os sapatos da personagem, ainda segundo Durran, foram pintados à mão, com flores douradas como acessórios, bem no estilo de calçado do século XVIII. E não se preocupem! Bela consegue, com certeza, se movimentar neles: "Ela pode ir e salvar seu pai com os sapatos", revela a figurinista.

Emma Watson, que também deu uma pequena declaração à revista, contou que não poderia ter ficado mais feliz com o resultado do vestido e acredita que é na hora da dança entre os protagonistas que os telespectadores perceberão que os dois estão se apaixonando.

Publicidade

Enquanto o filme ainda não é lançado, fique com o trailer e se transporte para o mundo de A Bela e a Fera:

#Cinema