Muitos fãs se questionaram se o ex-casal William Bonner e Fátima Bernardes teria reatado neste Natal. Infelizmente, a resposta para os que admiram os jornalistas e torciam por isso é NÃO. Pior ainda, um registro publicado nesta terça-feira, 27, pelo site TV Foco mostra que William Bonner não pôde passar a festa natalina com os próprios filhos. O episódio acontece depois que o ex-casal anunciou a separação no mês de agosto. Eles passaram vinte e seis anos de suas vidas juntos, tendo construído uma bela família e três filhos. A imagem que entristeceu muitos fãs mostra os trigêmeos Laura, Beatriz e Vinícius, todos de dezenove anos. Eles estão felizes.

Publicidade
Publicidade

A mãe dos três, Fátima, parece a mais empolgada por ter a família unida, mas sem Bonner. Ela dá até gargalhadas na imagem.

Quem publicou uma das fotos foi a própria filha de Bonner, Laura. Ela disse que estava "tudo normal por aqui", ao publicar uma imagem de sua casa lotada. A jovem, mesmo sem o pai na imagem, parecia feliz com a união, mesmo após um ano turbulento para a mãe e o comunicador do 'Jornal Nacional'. Em seu perfil no Instagram, #Fátima Bernardes– que reencontrou o marido em uma apresentação de teatro dos filhos na semana passada (o encontro aconteceu em um shopping do Rio de Janeiro) – publicou uma foto no cenário do “Encontro” com votos de boas festas aos fãs. Pelo visto, ela realmente superou muito bem a separação, diferentemente do ex-marido, que pouco aparece nesse momento.

Publicidade

Nesta segunda-feira, 26, William usou sua conta no Instagram duas vezes. Em ambas as oportunidades, ele fez postagens enigmáticas. O primeiro post tinha a frase 'Volta Logo'. Já outro mostrava uma foto do comunicador barbudo e de ponta cabeça, como quem diz que é sexy e que alguém perdeu algo muito especial. O profissional da mídia, que estava há quatro meses sem postar nada, acabou se arrependendo das mensagens, apagando em seguida o conteúdo.

Na sua opinião, há condições de Fátima e William voltarem no ano que vem? Deixe seu comentário. Ele é sempre importante.