O público pediu e a Rede Globo de Televisão decidiu ceder. A partir desta segunda-feira, 2 de janeiro, a novela 'Avenida Brasil' será reprisada pela maior emissora do país. Com 179 capítulos e exibida inicialmente em 2012, o folhetim é o maior sucesso da década da emissora, chegando a picos de 50 pontos na grande São Paulo e parando o país. Atualmente, as novelas das nove da emissora, sofrem para fazer a metade disso, 25 pontos. Muita coisa pode explicar tamanha queda, mas a certeza mesmo é que 'Avenida Brasil' foi um sucesso e terminou há cerca de quatro anos.

No entanto, a reprise não será longa. O produto deve ficar apenas quatro semanas no ar, dentro do 'Vídeo Show' e pode funcionar como uma espécie de teste, a fim de colocar o "Novelão" na sessão de reprises do 'Vale a Pena Ver de Novo', o que deve fazer a história ganhar alguns meses no ar.

Publicidade
Publicidade

Geralmente, as reprises nessa sessão duram entre cinco e sete meses, dependendo da novela e de sua repercussão na audiência. Recentemente, o 'Vídeo Show' reprisou 'Senhora do Destino' e ela deve ser a substituta de 'Cheias de Charme' no 'Vale a Pena Ver de Novo'.

Isso pode indicar que 'Avenida Brasil' fará o mesmo caminho. O grande problema é que a história assinada por João Emanuel Carneiro é considerada forte demais. As cenas protagonizadas por Nina (Débora Falabella) e Carminha (Adriana Esteves) são repletas de barracos e gritaria. Uma das sequências mais famosas mostrou a vilã enterrando viva a garota que reapareceu para atormentar sua vida. A Globo já até lançou um DVD com um compacto da novela e teve o intuito de fazer dele um sucesso neste Natal, mas a crise econômica tem levado muitos problemas à maior empresa de comunicação do país.

Publicidade

A recessão diminuiu o patrocínio e está fazendo a Globo perder claramente uma fatia do mercado da comunicação, que está caminhando todo para a internet. A empresa já estaria pensando até em unificar programas e acabar com outros. O intuito é diminuir de vez os custos para se colocar atrações no ar. #Famosos