A Rede Globo de Televisou exibiu neste sábado, 3, o que o narrador Galvão Bueno disse ser a cobertura mais triste e importante da emissora. A partir das 7h45 da manhã, o canal começou a transmitir, ao vivo, tudo o que acontecia na cidade de Chapecó, em Santa Catarina. O município viu o seu time de coração, a Chapecoense, vítima de uma tragédia aérea. Uma aeronave da LAMIA, que levava o clube à final da Copa Sulamericana, caiu na cidade de Medellín, na Colômbia. 71 pessoas faleceram. Apenas seis sobreviveram. Por conta da notoriedade da notícia, a Globo deu todo o destaque possível ao velório em sua programação, não exibindo um intervalo comercial sequer durante horas.

Publicidade
Publicidade

Já cedo, a jornalista Kiria Meurer chegou a fazer rápidas transmissões, ao vivo, pelo seu celular. Ela estava em locais de difícil acesso, ou onde não eram permitidos cinegrafistas, como o ônibus que levou parentes dos mortos da Arena Condá até o aeroporto de Chapecó, onde aviões do modelo Hércules trouxeram cinquenta caixões. No local, também já esperava o presidente da república, Michel Temer, do PMDB, que mais tarde foi junto às família até à arena onde jogava a #Chapecoense. “A partir deste momento, a nossa câmera, com cinegrafista, não pode entrar. Então eu vou gravando com o meu celular”, disse Kiria.

A experiente repórter até foi criticada durante a transmissão, mas as falas mais pesadas nas redes sociais aconteceriam na repetição de parte do conteúdo no 'Jornal Nacional'.

Publicidade

Com ampla audiência, o noticiário mostrou o que chamaremos de "reportagem selfie". Com um celular funcionando quase com uma câmera escondida, a profissional da mídia se vangloriava de poder entrar onde mais ninguém estava. Em dado momento, ela foi até embaixo da tenda onde estavam os caixões dos mortos da tragédia de Medellín. Sua função? Mostrar muito choro e dor.

"Achei bizarra essa reportagem com celular. Tem coisa que é melhor nem registrar. Faz de longe, com uma câmera potente", disse um internauta nas redes sociais. Qual a sua opinião sobre este episódio? Comente! #Famosos