A semana não está das melhores para #Justin Bieber. Não bastasse as críticas que recebeu de um grupo de defensores dos direitos dos animais, um juiz em Buenos Aires está acusando o popstar por supostamente ter ordenado o espancamento de um fotógrafo na Argentina. Além de insulto e lesão corporal, o cantor também é considerado culpado pelo roubo do equipamento do fotógrafo. A vítima teria sido forçada ainda a ficar no chão depois de ser espancado.

Bieber acredita que o juiz está simplesmente querendo aparecer na mídia. O problema é que a estrela canadense não poderá se apresentar na Argentina, até que o caso seja resolvido na justiça.

Publicidade
Publicidade

Os advogados do cantor vão apelar contra a decisão, na esperança de que o caso seja arquivado pela segunda vez.

No entanto, o problema é que Bieber está pronto para iniciar sua turnê pela América do Sul, e a Argentina é o país que ele tem mais fãs no continente.

Enquanto isso, também nesta semana, a estrela provocou mais controvérsia ao receber fortes críticas da Organização de Direitos dos Animais, a PETA, depois de ser visto utilizando um casaco de pele animal. Justin estava saindo para jantar em Los Angeles, e decidiu usar o grande casaco de pele. Quando foi perguntado se a pele era real, a estrela respondeu: "Inferno, sim!"

O cantor causou má impressão, desfilando com o casaco. Ele tem sido descrito pelos defensores dos animais como uma “criança que quer aparecer".

"Ele age como se fosse um espetáculo, é infantil, e parece ser incapaz de ver que estes tipos de roupa causam sofrimentos desnecessários aos animais, como tigres-bebê, macacos e coiotes selvagens", disse o diretor de mídia da PETA, Moira Colley, à MailOnline.

Publicidade

Vale lembrar que há três anos, Justin teve outro problema com ambientalistas. ele ignorou vários conselhos para que não levasse o seu macaco Mally para uma viagem à Alemanha. O animal acabou sendo apreendido no país. Ele não forneceu a documentação apropriada para o macaco e o mesmo foi condenado a pagar uma fiança de $ 8.000, para financiar a relocação do animal para um jardim zoológico. #fama #Arte