Ludmilla teve um desembarque tenso na manhã deste sábado, 31, em Florianópolis. Ao chegar ao aeroporto, a cantora vinda do Rio de Janeiro, por volta das 10h50 da manhã, se viu envolvida em uma confusão que acabou na delegacia.

Segundo o paparazzi que estava no local e registrou a cena, tudo começou quando uma mulher passou perto da cantora enquanto ela atendia os fãs e a xingou de 'nega safada'.

Inconformada com a ofensa, #Ludmilla foi para cima da mulher para tomar satisfações e chegar às vias de fato. Ela foi contida por pessoas da sua equipe e levada para a van que a aguardava na saída do aeroporto. Não satisfeita, a agressora fez mais um xingamento racista e a ameaçou "Você vai cair, neguinha!".

Publicidade
Publicidade

Logo em seguida, a mulher foi denunciada à Polícia Civíl - que tem uma delegacia dentro no aeroporto - e os policiais levaram a agressora para o estabelecimento. A intérprete de "A Danada sou Eu", também foi ao posto policial.

O site Ego, das organizações Globo, procurou a delegacia e os policiais informaram que não têm autorização para falar sobre o assunto. Já assessoria da cantora - que fará um show no Réveillon de Jurerê Internacional - disse que Lud não vai falar sobre o assunto.

Ludmilla se envolveu em um polêmica com o público esta semana

A cantora, nascida em Duque de Caxias, município do estado do Rio de Janeiro, não está passando por um fim de ano tranquilo. Nesta semana, Lud se viu envolvida em outra confusão. Ela foi abordada por fãs na praia do Vidigal, zona sul do Rio, fingiu ser outra pessoa e revoltou os fãs. Acompanhada por amigos, Ludmilla disse que não era ela, inventando que se chamava Kátia.

Publicidade

A atitude da cantora causou revolta na web e foi ela ofendida por internautas. Com bom humor, Lud mudou o seu nome em seu perfil no Twitter para a "Kátia sou eu" e postou um vídeo em seu Facebook explicando o motivo de passar por outra pessoa. Segundo a cantora, os fãs que a abordaram eram "mal encarados" e ela ficou com medo de ser assaltada, sendo assim, a cantora resolveu falar que era "Kátia". #Famosos #Racismo