Íris Abravanel não teve dúvidas e decidiu escolher um novelão para substituir 'Cúmplices de um Resgate', no SBT. A autora convidou Leonor Correa para fazer a adaptação de 'Carinha de Anjo'. Há mais de um mês no ar, o folhetim tem sido um enorme sucesso e já conseguiu algumas vezes vencer a TV Record, que no horário exibe 'A Terra Prometida'. A história que conta a vida de Dulce Maria (interpretada em 2016 por Lorena Queiroz) dá 13 pontos de média na grande São Paulo. Por trás da trama angelical, no entanto, há uma trajetória triste e macabra.

De cordo com uma reportagem produzida pelo site 'RD1 Audiência', a versão original da trama, produzida na Argentina, há mais de 40 anos, foi marcada por uma tragédia.

Publicidade
Publicidade

Na Argentina, 'Carinha de Anjo' tinha outro nome. Em 1973, a TV de lá exibia 'Papá Corazón', que em 1976 ganhou sua versão na TV Tupi, com o nome de 'Papai Coração'. A história foi um estrondoso sucesso na região e tinha o mesmo enredo na novela hoje exibida pelo SBT. Uma menina que perdeu a mãe vive em uma escola de freiras. Ela se comunica com a mãe falecida e tenta agradar o pai, que pouco vê e que é triste por não ter uma mulher para cuidar de sua filha levada.

Dulce Maria tinha outro nome na região, Pipina, vivida pela atriz Andrea Del Boca. No Brasil, o personagem foi feito por Narjara Turetta. O que marcou a exibição argentina da novela foi o suicídio de uma criança, que assistia muito à novela. A garota começou a dizer à família que tinha contatos sobrenaturais com a mãe morta. Ela então decidiu fazer a passagem e acabou se matando, a fim de poder ficar com quem acreditava ser a única pessoa que a amava, o espírito de sua progenitora.

Publicidade

A menina tinha cinco anos quando cometeu o ato contra sua vida.

Com medo de que atos parecidos pudessem acontecer, outras versões da novela (que não foram poucas) tiveram o fantasma amenizado na história. Em 'Mundo de Juguete', por exemplo - primeira versão mexicana - o espírito da mãe foi substituído por uma babá idosa. Em 2000, 'Carita de Angel' já tinha novamente o espírito da matriarca, assim como agora no Brasil, quando quem faz tal papel é Lucero. #Famosos #Novelas